Autárquicas 2017 – Varrer o lixo

"É urgente varrer o lixo da administração municipal de Azambuja, para dar férias àqueles artistas carunchosos e colocar em seu lugar quem tenha capacidade e vontade de trabalhar em prol dos eleitores." - Opinião de António José Rodrigues

António José Rodrigues

Sócrates colocou o nosso país no caixote do lixo e à beira do abismo, tendo a desgraça continuado com Passos e Portas, quando deram um passo em frente e colocaram os portugueses mais pobres a pagar para sair do lixo. Com a geringonça (PS, BE e CDU) liderada por António Costa, já foram revertidas algumas das situações mais gravosas para os trabalhadores e pensionistas mas, embora ainda continuemos todos a atravessar algumas dificuldades económicas e sociais, as agências internacionais de notação deram indícios de retirar Portugal do caixote do Lixo.

Como estamos a entrar na campanha eleitoral para as autarquias locais, será uma boa oportunidade para varrer o lixo da Câmara Municipal de Azambuja (CMA) escolhendo para ocupar os lugares os cidadãos que nos dão mais garantias de trabalhar numa boa prática autárquica, nas câmaras municipais e nas freguesias. Embora muitos dos eleitores do município de Azambuja já saibam quem são os elementos do caruncho que compõem o lixo da CMA, torna-se urgente demonstrar aos eleitores que ainda não sabem os malefícios gerados pelo lixo bolorento que já deu suficientes provas de incompetência.

Vejamos alguns exemplos de uma prática autárquica que serve interesses obscuros em prejuízo de escolhas mais apropriadas para satisfazer os cidadãos eleitores: há cerca de 10 anos, com a desculpa de que não poderiam renovar as redes de condutas de abastecimento de água e de saneamento, entregaram a exploração das ditas redes de condutas a uma empresa privada, que cobra o que bem entende aos consumidores, sem ter feito qualquer substituição de condutas, algumas com mais de 30 anos, mas a administração municipal não fiscaliza nem acaba com aquele negócio.

Em troca, os administradores municipais, segundo tem sido revelado no Facebook, têm recebido umas entradas gratuitas para assistirem, no Estádio da Luz, aos jogos de futebol do Benfica; na freguesia de Azambuja, promoveram a construção de uma praça de toiros, há cerca de 8 anos, que custou cerca de 800.000 euros, deixando por reparar e requalificar o conjunto de piscinas municipais que ainda hoje não funcionam, deixando vários utentes de todos os escalões etários sem poderem usufruir daquele equipamento; no último mandato, na área da União de Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa, foi iniciada a construção de um Mercado Diário, cuja 1ª fase está concluída, mas o Mercado ainda não foi concluído porque os autarcas do PS (o lixo bolorento) se esqueceram de que a 2º fase não poderia avançar sem projecto de electricidade.

Como tudo isto não bastasse, o actual presidente da câmara terá dito, um destes dias, em campanha eleitoral, tentando sacudir a água do capote, que não escolheu o local de implantação do Mercado Diário, nem tem culpa pelo atraso na conclusão do trabalho. Então de quem será a culpa? Claro, gastam o tempo a congeminar a forma de melhor poderem usufruir do Estádio da Luz.

Assim, é urgente varrer o lixo da administração municipal de Azambuja, para dar férias àqueles artistas carunchosos e colocar em seu lugar quem tenha capacidade e vontade de trabalhar em prol dos eleitores. Para ocuparem o tempo com o futebol, solicite-se ao presidente do Benfica para facultar livre acesso aos tais artistas para que entrem na Academia Desportiva do Seixal, onde o glorioso treina com regularidade.

Pelo que se sente em alguns extractos do eleitorado, o lixo será varrido, restando ao actual presidente e à lista do PS ganhar na Freguesia de Alcoentre, ficando a lista de candidatos da CDU à CMA muito bem colocada para ganhar a corrida eleitoral, se disputar taco a taco a maior freguesia do concelho, Azambuja, e se mantiver e voltar a ganhar a Freguesia de Aveiras de Cima e a União das Freguesias.

 

VIAAntónio José Rodrigues
COMPARTILHAR