FECHAR
Domingo, Janeiro 20 de 2019
| Director: Nuno Cláudio | Contacto para assuntos gerais: 93 859 5599 | jornal@fundamental-diario.pt | publicidade@fundamental-diario.pt | Publicação Diária
Opinião - Outros articulistas

Opinião - Outros articulistas

Consciência concreta (Rubrica de Jorge Guilherme)

No meu ponto de vista a adopção de um cão poderá ser uma excelente terapia com o objectivo de omitir ou de servir como...

Komondor: o corajoso pastor (Rubrica de Jorge Guilherme)

Hoje vamos falar do Komondor. É inabalável a sua coragem e a capacidade inultrapassável de ser fiel ao seu dono. Sobre este cão, oriundo...

Basset Hound: o 007 canino (Rubrica de Jorge Guilherme)

Hoje vamos falar do Basset Hound. A sua identidade visual de calma e bonacheirão esconde muito as suas capacidades sensoriais. Oriundo de França, o...

Teckel: o poderoso salsicha (Rubrica de Jorge Guilherme)

Esta raça de cães está muitas das vezes ligada ao conceito de cães considerados de trazer por casa, conceito muitas das vezes definido pela...

Povo que lavas no rio: legislação e a caça à multa (Jorge Guilherme)

A propósito do Decreto-Lei 314/03, Artigo 7º, que legisla a obrigatoriedade do uso de coleira ou peitoral e açaimo ou trela: questiono-me onde este...

Akita: o amigo que veio do Japão (Rubrica de Jorge Guilherme)

Hoje vamos falar do Akita. Não é bem certo que a origem deste cão tenha ocorrido no Japão. Alguns especialistas mencionam que os primórdios...

Chow chow: o fiel amigo que vem da China (Rubrica de Jorge Guilherme)

O Chow Chow é considerado por alguns especialistas como uma das espécies de cães mais antigas. Oriundo do norte da China e Mongólia, este...

Xiii… o meu cão fez xixi no chão (Rubrica de Jorge Guilherme)

Afinal qual é a nossa capacidade de raciocínio? Qual o limite racional do ser Humano? Que tal um cãozinho de loiça?!?Não faz xixi …...

António Barros Cardoso, árvore de folha perene (Opinião de Luísa Almeida Ferreira)

"O meu amigo António Barros Cardoso, que também é Padre, um dia será objecto de um tratado sociológico. Dirão coisas boas, coisas más… Pelo...

Pingo Doce do Carregado: a que se deve tanta inércia? (Opinião de Sónia Pedro)

Vivemos na era da informação e torna-se cada vez mais difícil escamotear realidades. Por muito que se tente afirmar a sua antítese, a Câmara...

Desenvolvido por Celerbit