Coronavírus chegou a Alenquer: Pedro Folgado confirma dois casos positivos no Concelho

O coronavírus chegou ao Concelho de Alenquer. Dois casos suspeitos de infecção pelo Covid-19 deram positivo. A informação foi confirmada há minutos ao Fundamental por Pedro Folgado, que refere que se tratam de dois casos "importados" de Espanha. O presidente não especificou em que freguesia ou localidade residem os cidadãos infectados.

O coronavírus chegou ao Concelho de Alenquer. Dois casos suspeitos de infecção pelo Covid-19 deram positivo. A informação foi confirmada há minutos pelo Presidente da Câmara Municipal de Alenquer. Pedro Folgado refere que se tratam de dois casos “importados” de Espanha, mas não especificou em que freguesia ou localidade residem os cidadãos infectados. “Para não causar alarmismos desnecessários”, justifica o autarca.

Pedro Folgado, também comandante da Protecção Civil Municipal, afirmou ao Fundamental: “O Concelho de Alenquer registou até ao momento quatro casos suspeitos, sendo que dois desses casos acusaram positivo pelo Covid-19”.

O autarca, que tem monitorizado a situação em permanência e em articulação com o Delegado de Saúde do Concelho, acrescenta: “São dois casos importados de Espanha e que entraram logo de quarentena quando chegaram a Portugal”. Pedro Folgado diz esperar, e citamos o autarca, “que não tenha havido qualquer propagação. As pessoas entraram em quarentena assim que chegaram de Espanha. Vamos aguardar para ver”.

Ainda sobre o momento da divulgação desta informação, o Presidente da Câmara de Alenquer referiu ao Fundamental que, e voltamos a citar, “Esta informação só agora foi facultada pela plataforma da saúde”. Pedro Folgado reforçou o pedido reiterado pelas autoridades: “As pessoas devem ficar em casa e apenas saírem se for estritamente necessário”.


 


Coronavírus | Luís Padinha, de Alhandra, em Itália há 2 anos: “O pior está para chegar a Portugal”

Luís Padinha vive em Itália há dois anos e está a sentir o momento de pânico por que passam os italianos por causa do coronavírus. Natural de Alhandra e antiga promessa do nosso futebol, Padinha não se coíbe de avisar: “O pior ainda está para chegar a Portugal”. Veja aqui a entrevista via skype, desde Itália.

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR