Coronavírus: Ventosa em estado de alerta com 8 casos – Carregado chega aos 42

E de repente a Ventosa salta para o foco de todas as preocupações. Os números desta quarta-feira apontam para um aumento de 60 por cento, cifrando-se agora nos 8 casos positivos de covid-19. Concelho de Alenquer chegou hoje aos 55 casos.

E de repente a Ventosa salta para o foco de todas as preocupações no Concelho de Alenquer. Depois de termos noticiado a existência de 5 casos registados ontem, os números desta quarta-feira apontam para um aumento de 60 por cento, cifrando-se agora nos 8 casos positivos de covid-19. Um cenário que não deixa de ser relevante tendo em conta a dimensão desta freguesia do Alto Concelho.

O Fundamental obteve a informação de que estes 8 casos registados na Ventosa estão directamente relacionados com os surtos ocorridos na Avipronto e no Centro de Distribuição da Sonae, ambos referenciados na Zona Industrial de Azambuja. Tratam-se de focos centralizados em duas famílias, cujas infecções tiveram origem no elemento de cada uma delas que trabalha em cada uma destas empresas.

De resto, nesta quarta-feira os números do Concelho de Alenquer voltaram a subir. Hoje registaram-se 7 novos casos, sendo que o Carregado chegou aos 42 cidadãos infectados. Um número preocupante, mesmo tendo em conta a densidade populacional da Freguesia. Em todo o Concelho de Alenquer há gora 55 casos activos, bem como um número também relevante de cidadãos recuperados, que hoje está fixado nos 23. Alenquer continua, felizmente, a não registar qualquer óbito no contexto desta pandemia.

Ventosa: o enquadramento desta Freguesia singular

A Ventosa tem 22,21 km² de área e tem o estatuto de Freguesia pelo menos desde 1259, do termo de Alenquer. Pertenceu ao concelho de Aldeia Galega da Merceana e, por extinção deste, passou a integrar o concelho de Alenquer em 24 de Outubro de 1855.

A Freguesia engloba os lugares e aldeias da Labrugeira, Penedos de Alenquer, Penafirme da Ventosa, Quentes, Atalaia, Cortegana, Penozinhos, Freixial de Cima, Vila Chã, Parreiras, Casais Galegos e Pousoa.

A frescura e exuberância dos seus arvoredos e o pitoresco das suas paisagens levaram a considerá-la, no sítio da Cortegana (onde fica a sede da Junta de Freguesia), em fins do século XIX, “A Sintra do Alto Concelho”.

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR