Biblioteca Municipal de Azambuja exibe exposição “As Cores do Meu Mundo” até 1 de Junho

A Biblioteca de Azambuja vai receber uma exposição de pintura e vídeo intitulada “As Cores do Mundo”. Esta exposição é da autoria de Luís Amorim e a sua inauguração está marcada para o dia 30 de abril, pelas 17h00.

A Biblioteca Municipal de Azambuja vai receber uma exposição de pintura e vídeo intitulada “As Cores do Mundo”. Esta exposição é da autoria de Luís Amorim e a sua inauguração está marcada para o dia 30 de abril, pelas 17h00. Esta exposição estará patente até ao dia 1 de junho. A entrada é livre e a Biblioteca Municipal de Azambuja está aberta de 3ª-feira a 6ª-feira, entre as 10h00 às 17h30, e aos sábados das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h30.

Luís Amorim nasceu em Lisboa no bairro de Alfama em 1954. Frequentou a Casa Pia – Secção de Pina Manique onde, através de dois professores artes, se apaixonou pela pintura e pelas artes plásticas em geral. Contudo, e apesar de continuar a pintar, vai enveredar pela música ao ingressar na Academia de Música de Lisboa onde, para além de outros instrumentos, se especializa no baixo.

É na área da música que vai desenvolver toda a sua carreira de 45 anos, tocando como músico profissional em hotéis, casinos e cruzeiros, que o levou a conhecer um pouco de todo o mundo. Para além da pintura, que nunca abandonou, e da música que era a sua profissão, Luís Amorim dedicou-se ainda à produção audiovisual, o que o trouxe ao Concelho de Azambuja.

Na primeira década do século XXI produziu para o Município de Azambuja uma série de 4 documentários sobre a cultura sócio identitária das suas gentes, produção que o levou a apaixonar-se por Azambuja de tal modo que adquiriu uma propriedade nos Casais da Lagoa, freguesia de Aveiras de Baixo, onde atualmente reside.