Carregado: Ministério do Ambiente confirma ilegalidade do parque de contentores

O Ministério do Ambiente terá confirmado a situação ilegal do parque de contentores do Carregado. A empresa proprietária desta estrutura terá informado a CCDR-LVT de que irá transferir as instalações ainda durante o mês de junho.

O Ministério do Ambiente terá confirmado a situação ilegal do parque de contentores do Carregado. A nota informativa foi divulgada nas últimas horas pela candidatura do Bloco de Esquerda à Câmara de Alenquer, que também avança que a empresa proprietária do parque de contentores terá informado a CCDR-LVT de que irá transferir as instalações ainda durante o mês de junho.

O gabinete do Ministro do Ambiente e da Ação Climática afirmou que o parque de contentores marítimos localizado junto à Escola Básica Integrada do Carregado interfere com a Reserva Ecológica Nacional, especialmente com as áreas de máxima infiltração e com as zonas ameaçadas pelas cheias. Assim sendo, e de acordo com este gabinete ministerial comandado por Pedro Matos Fernandes, o mesmo parque encontra-se em situação ilegal.

O gabinete do Ministro ter-se-á pronunciado em resposta a uma pergunta do Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda, segundo o qual esta situação de interferência com a REN já terá levado ao levantamento de um auto de notícia ao proprietário do terreno.

A empresa proprietária do parque de contentores terá informado a CCDR-LVT, no âmbito de uma ação de fiscalização, que irá transferir estas instalações para um novo local ainda durante o mês de junho de 2021.

De notar que a referida ação foi realizada a 12 de janeiro e o mês de Junho está a 7 dias de chegar ao seu termo. Esta ação de fiscalização concluiu que o parque de contentores encontra-se em situação de infração, tendo por isso sido levantado o correspondente auto.

Sónia Pedro é candidata do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Alenquer. “É a confirmação de uma situação de ilegalidade que se arrasta há mais de um ano e que prejudica gravemente a população do Carregado, sobretudo a comunidade educativa da Escola Básica Integrada e as suas famílias”, refere a pretendente ao cargo de presidente da autarquia. “A situação é de perigo iminente para a comunidade escolar”, acrescenta ainda Sónia Pedro, argumentando que agora caberá à tutela fazer cumprir a lei.


Mário Amaro em entrevista: “Acredito que não teremos maioria absoluta do PS em Alenquer”

É o mais jovem concorrente a presidente da câmara que Alenquer já teve desde que há eleições livres. Mário Amaro lidera a Coligação Fazer Cumprir Alenquer e é o candidato que se segue no ciclo de entrevistas que o Fundamental Canal está a levar a cabo aos aspirantes à presidência da Câmara de Alenquer no Museu do Vinho situado na Vila Presépio. Veja a entrevista aqui.

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR