Cartaxo já tem vacinas para população maior de 50 anos com patologias associadas

O Centro de Saúde do Cartaxo já recebeu as primeiras 250 vacinas contra a Covid-19 que serão administradas à população do concelho com mais de 80 anos ou com mais de 50 e patologias associadas. O processo começará a partir do dia 17 de fevereiro.

O Centro de Saúde do Cartaxo já recebeu as primeiras 250 vacinas contra a Covid-19 que serão administradas à população do concelho a partir de quarta-feira, dia 17 de fevereiro. A informação foi assegurada pelo presidente da Câmara Municipal, Pedro Magalhães Ribeiro, na última reunião do executivo municipal.

O autarca lembrou que o Plano de Vacinação contra a Covid-19 previa o início da vacinação de pessoas com mais de 80 anos e com mais de 50 anos portadoras de patologias específicas durante o mês de fevereiro. “O facto de estar assegurada a primeira entrega de 250 vacinas é um sinal de que o Plano de Vacinação, apesar das dificuldades no acesso às vacinas, continua em marcha”, afirma Pedro Ribeiro.

o que, para Pedro Magalhães Ribeiro, é um sinal de que “podemos manter a confiança, mas sempre colocando as nossas expectativas ao nível que a realidade permite”, destacando a necessidade de todas as instituições colaborarem e da população manter “o cumprimento das regras de prevenção de contágio, até porque este Plano de Vacinação será longo, a vacina demorará muito tempo até chegar à maioria da população. É um enorme alívio, um momento de confiança e de esperança, mas não é um momento de reduzir os cuidados e a prevenção”.

Para este efeito a autarquia cartaxeira disponibilizou o Pavilhão Municipal de Exposições do Cartaxo para que o processo de vacinação possa decorrer em segurança e com o maior conforto possível quer para os utentes quer para os profissionais de saúde. O presidente explicou ainda que o Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria decidiu manter o Centro de Saúde do Cartaxo como centro de vacinação, o que será necessário por razões técnicas inerentes ao processo.

Assim sendo, a Câmara Municipal, com a coordenação do Serviço Municipal de Proteção Civil, vai colocar tendas junto ao Centro de Saúde para minimizar o desconforto de quem tiver de aguardar para receber a vacina”, afirmou ainda Pedro Ribeiro, que manifestou especial preocupação por se tratarem de pessoas maiores de 80 anos, ou maiores de 50 com situações de saúde já fragilizadas.

O ACES Lezíria informou também a autarquia que os contactos com os utentes serão efetuados pelas unidades de saúde familiar (USF) e pela Unidade de cuidados de saúde Personalizados (UCSP), por razões que também se prendem com o processo administrativo inerente ao Plano de Vacinação.


Frederico Rogeiro assegura que não voltará a ser candidato à Câmara de Alenquer em Outubro

Frederico Rogeiro assegurou hoje em exclusivo para o Fundamental que não voltará a ser candidato à presidência da Câmara de Alenquer pelo Partido Social Democrata. O vereador e líder da oposição na autarquia alenquerense afirma que, e citamos, “a Câmara de Alenquer regressou ao pântano da dívida”.