Criança com Covid-19 na creche de Aveiras e funcionária positiva na Santa Casa em Azambuja

Foi detetado um caso de Covid-19 numa criança que frequenta a Creche de Aveiras de Cima. A turma desta criança foi imediatamente isolada. Toda a instituição vai ser agora sujeita a testagem e os resultados deverão ser conhecidos nas próximas horas.

Foi detetado um caso positivo de infeção pela Covid-19 numa criança que frequenta a Creche de Aveiras de Cima. A turma desta criança foi imediatamente isolada. Vão ser realizados testes e os resultados deverão ser conhecidos nas próximas horas.

Também na Santa Casa da Misericórdia de Azambuja foi hoje detetado um caso positivo de coronavírus. Nesta situação em concreto o procedimento será idêntico, com a realização de testes a ser levada a cabo para apurar se há rede de contágio ou se se trata de um caso isolado. A pandemia não dá descanso e todos os cuidados serão poucos nesta fase de grande contágio e expansão da doença.

Tal como o Fundamental já noticiou hoje, o Concelho de Azambuja registou nas derradeiras horas no seu território mais duas mortes devidas a infeção pelo coronavírus, elevando desta forma o total de óbitos neste município para seis. Recorde-se que já tinham falecido quatro munícipes anteriormente também devido a infeção pela Covid-19, tal como o Fundamental noticiou oportunamente.

Ao mesmo tempo aumentaram os casos ativos nas freguesias de Alcoentre e Azambuja, onde hoje há respetivamente 38 e 54 pessoas que testaram positivo. Neste domingo verificou-se uma ligeira redução no número de casos ativos em Aveiras de Cima, que tem agora 39 pessoas infetadas. Na União de Freguesias de Manique, Maçussa e Vila Nova de São Pedro mantém-se os valores reportados nas últimas 24 horas, com 11 casos ativos.

O mesmo acontece em Aveiras de Baixo e Vale do Paraíso, com respetivamente 6 e 4 casos ativos. No Concelho de Azambuja há atualmente um total de 154 casos ativos e até hoje já foram 274 as pessoas que recuperaram desta doença pandémica. As autoridades de saúde locais e pela proteção civil de Azambuja informam que existe um total de 434 pessoas que já viveram as agruras da infeção pelo coronavírus desde inicio desta pandemia.


Nelson Neves e o impacto da pandemia nas empresas: “Próximos meses vão ser muito dolorosos”

Nelson Neves regressa ao Fundamental Canal para analisar o momento em que vivem as pessoas e as empresas em consequência da pandemia de coronavírus. O nosso especialista em recuperação e revitalização de empresas perspetiva um caminho doloroso para ser percorrido nos próximos meses.

 

 

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR