Azambuja: Bombeiros profissionais recebem prémio monetário pelo esforço durante pandemia

A direção dos Bombeiros de Azambuja vai atribuir um prémio monetário aos profissionais da sua corporação reconhecendo a dimensão do trabalho realizado e do esforço e dedicação disponibilizados durante a pandemia.

A direção dos Bombeiros Voluntários de Azambuja emitiu um comunicado através do qual reconhece a dimensão do trabalho realizado e do esforço e dedicação disponibilizados pelos seus bombeiros profissionais. André Salema reconhece: “a covid-19 veio infelizmente para ficar, sendo o futuro uma incerteza e um desafio para cada um de nós individualmente”.

Neste cenário de incerteza que o Presidente da Direção dos Bombeiros Voluntários de Azambuja antecipa o papel das corporações será certamente determinante no apoio às populações. “Recordo os meses de Março, Abril e Maio quando todos os bombeiros se prepararam e se mobilizaram para uma ação totalmente inédita no funcionamento desta Associação”, refere ainda Salema.

Nessa fase foi necessário sustentar a atividade operacional do corpo de bombeiros 24 horas por dia durante dois meses e meio e apenas com ação dos profissionais. Salema refere a propósito desse período: “Foi grande o esforço coletivo tendo em conta os riscos envolvidos pois também nós temos filhos e netos e por isso temos a perfeita consciência dos constrangimentos que esta operação implicou em todos vós e às vossas famílias”.

E com estas palavras certamente os Bombeiros Profissionais de Azambuja ficarão mais orgulhosos do seu desempenho. “Jamais a sociedade civil irá ter noção daquilo que vocês fizeram para que todos nós estivéssemos em casa, seguros e protegidos, enquanto a atividade operacional e os serviços de transporte de doentes decorriam com a normalidade possível, suportados exclusivamente por vocês”, declara ainda André Salema.

O dirigente assegura igualmente que a direção dos BVA tem plena consciência que, e citamos, “aquilo que os bombeiros profissionais fizeram é grande demais para que fiquemos por um simples obrigado e uma palmada nas costas”. Salema reconhece: “Estamos muito gratos e seria impensável não discriminar positivamente a vossa ação, tendo a direção deliberado na última reunião premiar todos os funcionários envolvidos nesta operação com o valor correspondente a 50 por cento dos vossos vencimentos a liquidar na primeira quinzena de Novembro.
VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR