Confirmados casos de Covid nas escolas de Cartaxo, Pontével e Vila Chã de Ourique

No fim do dia de hoje foi confirmada a existência de um caso positivo na Escola Secundária do Cartaxo, que se junta ao caso já detetado em Pontével e aos dois alunos infetados em Vila Chã de Ourique.

Nas duas últimas semanas foram confirmados casos ativos de novo coronavírus em três escolas do concelho do Cartaxo. No fim do dia de hoje foi confirmada a existência de um caso positivo na Escola Secundária do Cartaxo, que se junta ao caso já detetado em Pontével e aos dois alunos infetados em Vila Chã de Ourique.

Em relação ao caso positivo na Escola Secundária do Cartaxo, a autarquia informar estar a aguardar orientações da Delegação de Saúde para saber como deverá proceder nos próximos dias. Já na EB 2,3 de Pontével os alunos de duas turmas estão em vigilância ativa e isolamento profilático até dia 26 outubro, depois de detetado um caso positivo de Covid-19. Estes alunos serão submetidos a teste diagnóstico.

Pedro Ribeiro acrescenta: “Pelo facto de os alunos destas duas turmas partilharem áreas disciplinares conjuntas com outras duas turmas, os alunos destas últimas serão também submetidos a teste diagnóstico Covid-19 cujo resultado laboratorial vão aguardar em isolamento“.

Caso não seja detetado novo coronavírus nos testes a efetuar, os alunos poderão retomar as atividades letivas presenciais, mantendo-se em vigilância passiva até 26 de outubro, o que implica cumprimento rigoroso de diretivas já indicadas ao Diretor do Agrupamento de Escolas D. Sancho I pela Delegação de Saúde.

Os docentes destas quatro turmas de Pontével, embora considerados contactos de baixo risco pela autoridade de saúde, serão também submetidos a teste diagnóstico de Covid-19, devendo manter a atividade letiva e cumprindo as diretivas referidas. Durante este fim de semana, a Câmara Municipal irá proceder à desinfeção da escola EB23 de Pontével.

Já na Escola Básica de Vila Chã de Ourique foram confirmados dois casos positivos entre alunos deste estabelecimento de ensino. Durante o período de transmissibilidade as crianças não frequentaram a escola, pelo que a Delegação de Saúde considerou a turma, respetivos docentes e assistentes operacionais em situação de baixo risco, ficando sujeitos a vigilância passiva que termina hoje, dia 16 de outubro. Durante o período de encerramento da escola, a Câmara Municipal do Cartaxo procedeu à desinfeção de todo o estabelecimento de ensino.

Pedro Ribeiro, presidente da Câmara do Cartaxo, assegura que todas as situações estão a ser acompanhadas pelo Serviço Municipal de Proteção Civil e pelas autoridades de saúde, que trabalham em estreita colaboração com os agrupamentos de escolas e com as associações de pais e encarregados de educação.

Acrescente-se que a Área de Ação Social e Saúde da Câmara Municipal do Cartaxo está a acompanhar de perto os agregados familiares. Até à data desta informação recebida pelo Fundamental foram dois os agregados que solicitaram apoio por estarem em isolamento e impedidos de saírem da sua residência.

Pedro Ribeiro assegura ainda que, e citamos, “A Área de Educação e Juventude da autarquia, em coordenação com os agrupamentos de escolas, está a assegurar que as crianças em isolamento ou vigilância ativa têm disponíveis os meios informáticos para continuarem as aulas de forma não presencial“.

Pedro Ribeiro acrescentou ainda que afirma a solidariedade da autarquia para com o corpo docente, técnico e operacional, assim como para com os pais e encarregados de educação, destacando o comportamento responsável que todos têm evidenciado.


Paulo Franco em entrevista: “O comércio de Alenquer sente que tem a Câmara a seu lado”

Paulo Franco é o mais recente convidado de Nuno Cláudio para a grande entrevista no Fundamental Canal. O vereador integra o Executivo Municipal de Alenquer e foi desafiado para falar do Projeto Benkovav, assim como das atividades desenvolvidas no âmbito dos pelouros que tutela.