Azambuja promove empregos para deficientes com reduzida capacidade de trabalho

O Município de Azambuja assinou três contratos de trabalho sem termo para pessoas portadoras de deficiência ou incapacidade e com capacidade de trabalho reduzida

O Município de Azambuja assinou três contratos de trabalho sem termo, em regime de Emprego Apoiado no Mercado Aberto, para pessoas portadoras de deficiência ou incapacidade e com capacidade de trabalho reduzida. Estas pessoas irão desempenhar funções de assistentes operacionais na área da limpeza, ajudante de eletricista e ainda funções de assistente técnica na área da educação.

Os contratos foram celebrados com apoio técnico e comparticipação financeira do Instituto do Emprego e Formação Profissional e entram de imediato em vigor, possibilitando aos novos colaboradores o exercício de funções que lhes permitem aumentar a sua autoestima, motivação e qualidade de vida em regime de emprego apoiado e integrados na organização.

Estes contratos serão objeto de uma avaliação a cada três anos, de acordo com as normas legais em vigor no âmbito da contratação de pessoas com deficiência ou incapacidade da Medida Emprego em Mercado Aberto.

Luís de Sousa, o Presidente da Autarquia de Azambuja, assegura que a edilidade tem como princípio a responsabilidade social para com os agregados e pessoas residentes no concelho. O autarca garantiu ainda que estima em breve aumentar o número de contratos neste contexto.


Guitarrista Nuno Ferreira em entrevista no dia do 27º aniversário do Jornal Fundamental

O músico Nuno Ferreira é o convidado de Nuno Cláudio para o último Conversas com Fundamento. A 1 de Outubro assinalou-se o vigésimo sétimo aniversário do nosso jornal e também se assinala o Dia Mundial da Música, pelo que a escolha do entrevistado não poderia ser mais apropriada.