A distância é a que nós escolhermos… e o tema antecipa o próximo álbum de Nuno Ferreira

Nuno Ferreira está a preparar o seu segundo álbum de originais e nesse sentido avança já com o tema de apresentação intitulado "A distância é a que nós escolhermos". Um instrumental soberbo que tem um videoclip de promoção digno de figurar no line up da MTV.

Nuno Ferreira está a preparar o seu segundo álbum de originais e nesse sentido avança já com o tema de apresentação intitulado “A distância é a que nós escolhermos”. Um instrumental soberbo e inspirado no qual participam músicos de excelente qualidade e que tem um videoclip de promoção digno de figurar no line up da MTV.

Fábio Rodrigues, Lucas Ferreira e o próprio Nuno Ferreira foram os mentores e impulsionadores do projeto e em particular deste tema de apresentação e do seu genial videoclip de promoção. Ao trio juntaram-se Sertório Calado, José Jorge, Telmo Lopes, Domingos Caetano (Iris), Philippe Marteau (Guitarrista de Toni Carreira), Pedro Morato, Pedro Mimoso, Virgílio, João Sanguinheira e os técnicos Zé Domingos, Zé António e Pedro Ângelo.

Nuno Ferreira é de Alverca e é músico profissional há mais de 30 anos com créditos inquestionáveis. Durante quase uma década foi guitarrista do colosso Tony Carreira, e em idêntico período de tempo anterior acompanhou em palco o artista Emanuel no seu momento de reconhecimento público mais fulgurante. Acompanhou inúmeros outros artistas de renome nacional e até internacional.

Tocou em milhares de concertos por todo o mundo, sendo difícil desencantar um país deste planeta onde haja portugueses e ele não tenha estado em cima dum palco. Está sempre acompanhado de músicos profissionais, exigentes e de qualidade inquestionável, também estes músicos normalmente acompanhantes dos artistas nacionais mais consagrados.

Nuno Ferreira é muito exigente em cada detalhe das suas atuações e dos seus projetos. Por essa razão, cada um dos seus espetáculos apresenta um nível elevado de qualidade musical, sonora e visual. Não há diferenças para os melhores dos melhores a nível nacional. Em 2011 editou o seu primeiro trabalho de originais intitulado Viagens a Preto e Branco, com edição da Ovação. Atualmente potencia a banda MT80, para além do seu projeto pessoal simplesmente intitulado Nuno Ferreira. O sucessor de “Viagens a Preto e Branco” está na calha. E está apresentado!

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR