Avaria em forno da Cimpor preocupa população de Alhandra

Na manhã deste domingo foi detectada a existência de uma coluna de fumo no interior do Centro de Produção de Alhandra da Cimpor. A autarquia de Vila Franca afirma ter de imediato contactado a directora da unidade de produção no sentido de conhecer com profundidade a extensão deste incidente.

Na manhã deste domingo foi detectada a existência de uma coluna de fumo no interior do Centro de Produção de Alhandra da Cimpor. A autarquia de Vila Franca de Xira afirma ter de imediato contactado a directora da unidade de produção no sentido de conhecer com profundidade a extensão deste incidente.

De acordo com fonte da autarquia, a responsável do centro de produção da Cimpor informou que ocorreu uma avaria técnica no forno 7 do complexo em Alhandra, o que originou a dispersão de partículas difusas naquela área. “De imediato a Cimpor procedeu à paragem do forno, estando a avaliar a situação ocorrida“, garante.

A mesma fonte assegura: “A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, no âmbito da Comissão de Acompanhamento Ambiental, irá acompanhar o sucedido de forma a avaliar eventuais consequências deste acidente, designadamente para a população de Alhandra e freguesias limítrofes. Irá, ainda, ser solicitada a marcação de uma reunião da referida comissão de acompanhamento ambiental“, acrescenta em complemento.


Carregado: o outro lado dos contentores – Entrevista com o empresário Lourenço Silva

O parque de contentores instalado no Carregado tem causado reacções adversas por parte da população. A Câmara de Alenquer refere que a actividade está ilegal e afirma que o parque terá de sair do Carregado. O Fundamental entrevistou em exclusivo Lourenço Silva, o empresário que arrendou as instalações à família Pinto Barreiros.