Projectos do candidato a presidente: Silvino apostará forte no ambiente e no Tejo

Silvino vai apostar forte na vertente ambiental e nos projectos relacionados com o Tejo caso venha a ser eleito presidente da Câmara de Azambuja a partir de 2021. A garantia foi dada pelo próprio candidato em entrevista exclusiva concedida ao Fundamental.

Silvino Lúcio vai apostar forte na vertente ambiental e nos projectos relacionados com o Tejo caso venha a merecer a confiança do povo para assumir a presidência da Câmara de Azambuja a partir de 2021. A garantia foi dada pelo próprio candidato em entrevista exclusiva concedida ao Fundamental no inicio deste mês de Julho, a primeira na condição de candidato oficial pelo Partido Socialista.

“Vamos voltar-nos para o Tejo de uma vez por todas e vamos considerar os projectos de contexto ambiental como pontos de honra desta candidatura”, assegura o actual vereador da autarquia de Azambuja, que mereceu a confiança da totalidade dos elementos da Comissão Política Concelhia do PS na hora da escolha do candidato a assumir a liderança do projecto autárquico em Outubro de 2021.

Silvino fala com entusiasmo dos projectos estruturantes na área do ambiente que a sua candidatura vai assumir e que assentam fundamentalmente em três eixos: o Tejo, a Vala Real de Azambuja e o Paúl de Manique do Intendente. O candidato refere especificamente o projecto do Esteiro da Vala, mas não esquece o Parque da Milhariça em Aveiras de Cima, uma antiga ambição dos habitantes da freguesia que se traduz numa requalificação urbana mas também com características de projecto ambiental no contexto da Ribeira da Milhariça.

Silvino complementa: “A minha candidatura vai conceder uma atenção especial às questões ambientais, e nesse âmbito temos em vista alguns projectos estruturantes aos quais daremos total prioridade”. O candidato socialista complementa: “Vamos apostar no Parque Ambiental, uma área de 24 hectares cedida por 30 anos ao município, em paralelo com a aposta que estamos a concretizar através da aquisição do Paúl de Manique do Intendente”.

A este propósito, o experiente vereador acrescenta: “O Paúl de Manique está a fazer um sucesso notável, sendo um pólo de atracção de pessoas que gostam de observar aves e a natureza. É um projecto que embora ainda não esteja concluído já demonstra todo o seu potencial junto dos visitantes que a ele acorrem aos fins de semana e com isso promovemos as potencialidades do nosso concelho”, afirma Silvino Lúcio.

O candidato oficial pelo Partido Socialista e sucessor de Luís de Sousa nessa condição desvenda ainda mais um projecto: a futura ligação ao Palácio das Obras Novas. “Trata-se de um projecto que já foi debatido em reunião com a Administração da Região Hidrográfica do Tejo”, revela Silvino, que acrescenta: “Tivemos que abater as saudosas palmeiras que estavam em ruínas mas temos já um projecto candidatado para ali implementar um novo enquadramento de espécies rípicolas, uma avenida de freixeiros que há-de ser uma coisa fabulosa”, complementa o candidato.

Recorde de seguida a entrevista completa concedida por Silvino Lúcio ao Fundamental no inicio de Julho, a primeira na condição de candidato oficial à presidência da Câmara de Azambuja.

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR