Salvaterra aposta na promoção e divulgação do concelho para impulsionar economia local

A Câmara de Salvaterra está já a preparar o reforço da promoção e divulgação turística do concelho. Hélder Esménio afirma que a autarquia pretende ser um parceiro activo na retoma da economia local e na manutenção possível dos postos de trabalho.

A Câmara de Salvaterra de Magos está já a preparar o reforço da promoção e divulgação turística do concelho. Hélder Esménio afirma que a autarquia pretende ser um parceiro activo na retoma da economia local e na manutenção possível dos postos de trabalho.

O autarca explicou: “A pensar em futuras visitas e de forma a chegarmos a cada vez mais visitantes, estamos a preparar folhetos informativos da Falcoaria Real e do Escaroupim em várias línguas. Para além do português e inglês, disponibilizaremos também as versões em espanhol, francês, alemão, chinês, japonês e árabe”, assegurou Esménio.

Desta forma a autarquia pretende que se verifique o efeito de uma maior e melhor resposta junto de agências de viagens, promotores turísticos, embaixadas e para acesso ao público em geral, que poderá ainda consultar on-line toda a informação alusiva ao concelho.

De acordo com o edil, está também a ser finalizada a maqueta da Falcoaria Real, que a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos mandou executar para que, e citamos, “possamos mostrar este edifício setecentista em feiras e eventos nacionais ou internacionais”.

O autarca também lembra que foi criada recentemente uma Loja na Falcoaria Real onde estão disponíveis postais ilustrados, algum do artesanato local, como peças de olaria de muge, bordados de Glória do Ribatejo, artigos em cabedal de correeiro de Marinhais, vinhos da Casa Cadaval, entre outros artigos como sejam livros e publicações sobre a história e o património local.

Ainda de acordo com Hélder Esménio, brevemente estará nas bancas o livro “Uma Aventura Voadora” das conceituadas escritoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, com uma aventura que divulgará para todo o mundo a história da Falcoaria Real em Salvaterra de Magos, pormenores sobre a prática da falcoaria e que incluirá nesta edição, pela primeira vez na história desta tão conhecida colecção, um capítulo com algumas fotografias do concelho.

Hélder Esménio, com a determinação que lhe é característica, assegura: “Vamos prosseguir sem desfalecimentos o trabalho que definimos para que, quando for possível, o nosso Concelho continue a despertar o interesse de milhares de visitantes que, à semelhança dos anos anteriores, têm conhecido o nosso Património Cultural, Histórico, Natural e Arquitetónico”.

Acrescente-se que as visitas são planeadas e organizadas pelos Serviços Municipais de acordo com a disponibilidade de tempo e os interesses de casa um, sendo que todos esses visitantes têm ainda oportunidade de fruir da nossa gastronomia e dos passeios de barco no Rio Tejo, contribuindo para o fortalecimento e crescimento da economia local.”