Presidente do Alenquer e Benfica ao F-Canal: “Concelho de Alenquer não tem apostado no desporto”

João Ventura, o Presidente do Sport Alenquer e Benfica, em entrevista o Fundamental Canal. O SAB suspendeu neste momento toda a actividade desportiva devido ao estado de emergência decretado no país na sequência surto de coronavírus.

João Ventura é o Presidente da Comissão Administrativa que tem mantido o Sport Alenquer e Benfica em actividade. A popular colectividade do Bairro das Paredes suspendeu neste momento toda a actividade desportiva devido ao estado de emergência decretado no país na sequência surto de coronavírus. Quisemos saber como está o SAB a viver esta altura delicada da história.

Ventura concedeu-nos uma entrevista esclarecedora em relação ao momento por que passa o Alenquer e Benfica. Desde logo avisa para o perigo do clube poder enfrentar uma crise directiva, caso não haja uma lista que se disponha a formar uma direcção. A actual Comissão Administrativa está em funções desde há dois anos e durante esse período não foi possível encontrar uma equipa que assuma um projecto de futuro para o clube.

Ainda assim a actual Comissão de Gestão tem feito um trabalho notável, tendo em conta que está em funções com o intuito principal de não deixar fechar o SAB. João Ventura falou do Hóquei Patins e do Futebol, as duas grandes modalidades do Alenquer e Benfica. E lembrou que cada vez mais o clube sente a falta de espaço ao nível das estruturas para poder manter em actividade todas as equipas de ambas as modalidades.

João Ventura lembra que esse, de resto, é um problema comum a outra grande colectividade do Concelho de Alenquer, no caso concreto referindo-se à Associação Desportiva do Carregado, o que leva o presidente do Alenquer e Benfica a afirmar que, e citamos, “O Concelho de Alenquer não tem apostado no desporto”.

Ainda assim lembrou o apoio da autarquia central e da Junta de Freguesia de Alenquer, que permite ao clube viver neste momento algum desafogo financeiro, cenário que poderá mudar caso esta crise se prolongue no tempo. Uma entrevista concedida ao jornalista Nuno Cláudio, via skype, que o convidamos a ver já de seguida.

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR