Ota: jantar de homenagem a Ronca juntou à mesa quase duas centenas de amigos

O jantar de homenagem a Vítor Ronca decorreu este sábado em Ota e juntou à mesa quase duas centenas de amigos do autarca, entre os quais figuras nacionais do Partido Social Democrata. David Justino e Duarte Pacheco marcaram presença nesta homenagem.

O jantar de homenagem a Vítor Ronca decorreu este sábado no Centro Social de Ota. O repasto juntou à mesa quase duas centenas de amigos do autarca, entre os quais figuras nacionais do Partido Social Democrata. David Justino e Duarte Pacheco marcaram presença e demonstraram todo o apreço que nutrem pelo histórico Ronca.

Coube ao antigo Ministro da Educação o discurso introdutório que recordou aos presentes o percurso de Vítor Ronca ao serviço do PSD de Alenquer. David Justino provou ter feito um bom trabalho de casa e veio bem documentado sobre as quatro décadas durante as quais Ronca empreendeu dinâmica no PSD local. Já Duarte Pacheco deixou escapar umas lágrimas quando falou dos tempos e das lutas que travou com o histórico social democrata de Alenquer.

Para além Justino e de Pacheco, estiveram presentes em Ota na noite deste sábado diversos autarcas da Zona Oeste, sobretudo ligados ao Partido Social Democrata. De registar a presença de amigos de Ronca conotados com outros partidos. Casos de Paulo Matias e de Jorge Riso, Emanuel Pereira e Luciano Pereira e ainda José Machado e Rui Ricardo.

Já do PSD de Alenquer estava presente o núcleo duro do partido, com destaque para Frederico Rogeiro (o independente que Ronca afirma trabalhar tão bem ou melhor que qualquer militante do partido), Nuno Coelho e Pedro Afonso, sobre quem Vítor Ronca se desfez em elogios aquando da entrevista que concedeu ao Fundamental Canal na última semana.

Recorde-se que este jantar de homenagem a Vítor Ronca foi organizado por um grupo de amigos do autarca, liderados por António Matos e por Silvério Toureiro. O grande objectivo do evento passou por reconhecer o trabalho de Vítor Ronca ao serviço da secção de Alenquer do Partido Social Democrata. Ronca está ligado ao PSD local desde 1974 e é parte integrante e essencial da história da sigla fundada por Francisco Sá Carneiro no território concelhio alenquerense.

Acrescente-se ainda que Vítor Ronca tomou a decisão de se afastar da vida política activa. O autarca de 75 anos justifica a sua decisão com o cansaço acumulado ao longo dos tempos. Ronca assegura que ainda terá disponibilidade para ajudar e encaminhar quem pretender colocar-se ao serviço do partido. Refira-se que a Comissão Política Concelhia do PSD de Alenquer enfrenta nesta altura dificuldades para encontrar uma lista que assuma a condução dos destinos do partido.


VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR