Manique do Intendente apela ao voluntariado para livrar Paúl da praga do plástico

O Município de Azambuja está a promover uma acção de voluntariado no Paúl de Manique com o objectivo de envolver a comunidade e criar um grupo de voluntários para recuperar o Paúl que se encontra com vários metros de plástico no seu leito.

O Município de Azambuja está a promover uma acção de voluntariado no Paúl de Manique do Intendente. A iniciativa, que se intitula “Paúl com vida”, vai decorrer no dia 12 de Outubro e tem o objectivo de envolver a comunidade e criar um grupo de voluntários para recuperar o Paúl que se encontra com vários metros de plástico no seu leito.

Refira-se que este cenário de poluição é resultante de uma plantação agrícola realizada naquela zona há muitos anos. “Devido ao período de seca que o Paúl está a enfrentar, foi possível descobrir o plástico e tentar solucionar parte deste problema”, refere fonte da autarquia.

O convite é dirigido a toda a população e o ponto de encontro será junto à E.B.I de Manique do Intendente. Além da acção de voluntariado, está ainda programada uma demonstração de anilhagem de aves e um alerta para a importância desta zona húmida. No final todos os voluntários podem participar num almoço piquenique, que ficará a cargo de cada participante. As inscrições serão feitas no dia e local da actividade, para efeitos de seguro pessoal.

Ainda de acordo com a mesma fonte da autarquia de Azambuja, neste dia estarão presentes a apoiar esta causa os alunos da Universidade da Lusófona e o Agrupamento de Escolas do Alto de Azambuja, que têm desenvolvido projectos de estudo e conservação neste espaço.

Refira-se que o Município de Azambuja é proprietário deste Paúl em Manique do Intendente, que constitui um riquíssimo património natural do concelho. “Com as alterações climáticas e a progressiva redução das zonas húmidas, a importância deste Paúl em termos de biodiversidade, nomeadamente em avifauna, é já reconhecida num contexto nacional”, assevera a mesma fonte.

Esta iniciativa é uma organização da Câmara Municipal de Azambuja e conta com o apoio da Universidade Lusófona, da Direcção da Casa do Povo de Manique do Intendente e da União de Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa.