Crime horrível em Arruda: mulher encontrada morta dentro de uma mala

O corpo de uma mulher com cerca de 30 a 40 anos foi encontrado sem vida e dentro de uma mala numa zona habitacional em Arruda dos Vinhos. A notícia está a ser avançada esta tarde por diversos órgãos de comunicação. A descoberta macabra terá sido efectuada pelas 14 horas desta quarta-feira.

O corpo de uma mulher com cerca de 30 a 40 anos foi encontrado sem vida e dentro de uma mala numa zona habitacional em Arruda dos Vinhos. A notícia está a ser avançada esta tarde por diversos órgãos de comunicação. A descoberta macabra terá sido efectuada pelas 14 horas desta quarta-feira.

De acordo com os dados de que dispomos, o corpo estava envolto num lençol e foi encaixado numa mala tipo trolley. O criminalista Moita Flores opina que poderá tratar-se de um caso de violência doméstica. O famoso criminalista apelou à sua experiência em declarações prestadas à CMTV, canal de televisão do Correio da Manhã.

A vítima terá entre 30 e 40 anos. A mala estava embrulhada num papel e o cidadão que a descobriu terá estranhado o peso da mala bem como o local onde a mesma foi abandonada. Houve quem tivesse visto um homem a arrastar a mala com alguma dificuldade. O homem que descobriu a mala chamou de imediato a GNR de Arruda dos Vinhos e os Bombeiros Voluntários da mesma localidade.

A mulher não tinha qualquer identificação junto do corpo, que estava bastante danificado e em posição fetal, deixando antever um crime de extrema violência. No local também esteve a Polícia Judiciária. Refira-se que esta zona de Arruda é bastante frequentado, tratando-se de um terreno de passagem no meio de muitas casas, sendo que o caminho é bastante utilizado pela população, sobretudo por crianças.


VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR