Pedro Folgado em grande entrevista na estreia do novo estúdio do Fundamental Canal

Pedro Folgado foi o convidado para a estreia do novo estúdio do Fundamental Canal. O presidente da Câmara Municipal de Alenquer aceitou o nosso convite para uma entrevista televisionada durante a qual abordou os grandes temas da actualidade em Alenquer.

Pedro Folgado foi o convidado para a estreia do novo estúdio do Fundamental Canal. O presidente da Câmara Municipal de Alenquer aceitou o nosso convite para uma grande entrevista televisionada, durante a qual foram abordados basicamente três temas: a concessão da água no concelho, o investimento no âmbito do PEDU em contraste com a realidade do Carregado e ainda o certame Alma do Vinho.

Acerca da concessão, Pedro Folgado voltou a referir que não será possível nesta fase almejar a redução do valor da factura. “Acreditar que tal vai acontecer fruto de uma petição e criar essa expectativa nas pessoas é um acto de populismo”, opinou o presidente da autarquia, referindo-se ao movimento Alenquer Água Justa. O líder do executivo admitiu que a água seria mais barata caso estivesse sob a responsabilidade do município, lembrando que no âmbito de uma empresa privada todos os custos inerentes são reflectidos na factura.

Já sobre o Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano que irá conduzir a um investimento de 11,8 milhões de euros na sede de concelho, Pedro Folgado voltou a lembrar que há mecanismos legais que exigem que tal gasto seja realizado especificamente na vila de Alenquer no contexto do PEDU. O autarca garantiu que tem o mesmo nível de ambição para o Carregado onde, recorda, foram gastos recentemente mais de 2 milhões de euros com o terreno do futuro parque de pesados e com o campo Lacerda Pinto Barreiros.

Ainda assim Pedro Folgado admitiu nesta grande entrevista que não está de todo satisfeito com o desempenho da autarquia para com a Freguesia do Carregado. Justifica tal cenário com a impossibilidade de fazer tudo de uma só vez, como desejaria. “O dinheiro não chega para todas as obras que ambicionamos”, acrescenta, relembrando que encontrou a autarquia numa situação financeira bastante delicada. Nesse âmbito, a prioridade passou por recuperar a saúde financeira do município.

Em relação ao Parque de Pesados, Pedro Folgado acalenta a esperança de ver o assunto resolvido até final deste ano. O projecto que a autarquia tem para o novo parque será demasiado complexo para colocar em prática num tão curto espaço de tempo, mas Folgado avança com uma versão “low-cost” do mesmo para assegurar que o mais rápido possível os carregadenses se livram deste que é considerado um dos problemas mais graves da localidade.

A finalizar esta grande entrevista o autarca abordou o tema “Alma do Vinho”, referindo basicamente que o grande propósito inicial deste certame está a ser alcançado: transformar Alenquer no motor vitivinícola da região de Lisboa. A aposta em grandes nomes da música nacional confere à Alma do Vinho um carácter mais abrangente e nacional. Esta terceira edição será o confirmar do ADN deste certame, que nasceu em 2017 sob a presidência de Pedro Folgado.

Convidamo-lo de seguida a ver a entrevista com Pedro Folgado, conduzida pelo jornalista e director do Fundamental Nuno Cláudio.

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR