Vila Nova: autarquia apresenta projecto de requalificação da Avenida Gago Coutinho

O Município de Azambuja está a desenvolver o projecto para a requalificação da Avenida Gago Coutinho, artéria de grande importância uma vez que faz a ligação entre Vila Nova da Rainha e o apeadeiro da linha de comboio.

O Município de Azambuja está a desenvolver o projecto para a requalificação da Avenida Gago Coutinho, artéria situada na freguesia de Vila Nova da Rainha. Trata-se de uma artéria de grande importância uma vez que faz a ligação entre a localidade e o apeadeiro da linha de comboio.

De acordo com fonte da autarquia, “no trabalho desenvolvido foram analisados os principais problemas e barreiras existentes nesta avenida de forma a projectar soluções confortáveis para os moradores e para os utilizadores da linha férrea, de acordo com as melhores práticas em termos de Planeamento Urbano Sustentável”.

Assim, na concretização do projecto prevê-se que a ligação à Estrada Nacional 3 mantenha todas as suas características, tanto de acesso automóvel como pedonal. “Pretende-se, no entanto, valorizar o acesso por ciclovia do lado Sul, que coincide com a entrada da maioria dos peregrinos provenientes desse lado”, acrescenta a mesma fonte da Câmara de Azambuja.

Nesse sentido será retirado todo o passeio em calçada e será criada uma via pedonal e clicável, nivelada com a via automóvel, com cerca de 3 metros de largura e as devidas marcações de separação para peões e veículos não motorizados. A artéria central, destinada à circulação automóvel, continuará a ter dois sentidos, com uma largura total de 5 metros e meio.

Já na berma do lado Norte ficará a bacia de retenção de águas pluviais que será manilhada e enterrada, permitindo a criação de lugares de estacionamento numa faixa com cerca de 3 metros de largura.

A mesma fonte da autarquia de Azambuja remata: “Com este projecto, o Município vem dar resposta aos anseios da população de Vila Nova da Rainha, melhorando as condições de segurança e mobilidade da Avenida Gago Coutinho, reconhecidamente uma via de grande utilidade pública”.

COMPARTILHAR