Aveiras Sport Clube: nova direcção pôs em marcha plano para recuperar quotas atrasadas de sócios

A nova direcção do Aveiras Sport Clube entrou em funções a 1 de Julho e já colocou em marcha um plano que visa recuperar associados e respectivas quotas, destinado aos sócios com mais de dois anos de atraso no pagamento das quotizações.

O espírito do Aveiras começa a emergir logo nos escalões de formação

A nova direcção do Aveiras de Cima Sport Clube entrou em funções a 1 de Julho e já colocou em marcha um plano que visa recuperar associados e respectivas quotas. Este plano de reestruturação destina-se aos sócios com mais de dois anos de atraso no pagamento das respectivas quotas.

Mesmo com atrasos superiores a dois anos, cada sócio ficará com a situação regularizada caso liquide 12 euros até ao fim deste ano. No inicio de 2020, a actual direcção do Aveiras de Cima Sport Clube pretende reorganizar a lista de associados desta colectividade, bem como proceder à atribuição de novos cartões de sócios.

Refira-se que a nova direcção é presidida por Pedro Rodrigues, que desta forma sucede a Luísa António na liderança dos destinos do Aveiras. A empresária de Aveiras de Cima foi presidente do clube durante 5 anos (entre 2015 e 2019 presidente da direcção, sendo que entre 2014 e 2015 presidiu a uma Comissão Administrativa).

Pedro Rodrigues é acompanhado nos restantes órgãos sociais por António Torrão, o presidente da Junta de Freguesia que também preside ao Conselho Fiscal do ACSC, e ainda por Marcelo Oliveira, que continua a ser o Presidente da Assembleia Geral do clube. Da direcção fazem também parte Carlos Ferraz e Luís Inácio, ambos vice-presidentes do Aveiras. Como curiosidade, refira-se a presença de Silvino Lúcio, vereador e vice-presidente da Câmara de Azambuja, na função de vice-presidente da Assembleia Geral do Aveiras.

Esta poderá ser uma nova e decisiva etapa na vida recente do Aveiras Sport Clube. Recorde-se que o Aveiras esteve de portas fechadas durante dois anos, até Maio de 2013, como culminar de um processo em que clube e comunidade coexistiam praticamente de costas voltadas. Nessa altura as instalações do Aveiras apresentavam um elevado estado de degradação, com excepção do novo relvado sintético, que a autarquia havia financiado e construído em 2011, poucos meses antes do Aveiras fechar portas.

Foi nessa altura que um grupo liderado por Edgar Pratas deu corpo a uma Comissão Administrativa e meteu mãos à obra, fazendo renascer o Aveiras das cinzas. No verão de 2013 foi construída a nova bancada, remodelados os balneários, a zona do bar e a sala anexa. O Aveiras ganhou vida e as novas condições estruturais resultantes das obras feitas acabaram por atrair contributos de pessoas que viram renascer o seu interesse por esta colectividade de Aveiras de Cima.

Desportivamente o Aveiras Sport Clube voltou a competir nos escalões de Juvenis e Juniores. Na época de 2014-2015 os Juniores acabariam mesmo por subir de divisão. A equipa treinada por Nuno Cláudio foi vice-campeã de série e registou a defesa menos batida do distrito de Lisboa de entre 146 equipas – 76 de juniores e 70 de seniores.

A Comissão Administrativa que relançou o Aveiras em 2013 foi reforçada em 2014 por Luísa António, convidada por Nuno Cláudio para assumir a liderança do Aveiras Sport Clube. Até 2015 manteve-se a Comissão Administrativa, quando então foi eleita a primeira direcção desta nova etapa da vida do clube, cujo mandato foi renovado em 2017 e terminou a 30 de Junho deste ano. Refira-se que actualmente o Aveiras tem em actividade praticamente todos os escalões de formação até aos juniores, com resultados desportivos de realce no Distrito de Lisboa.

Segundo o Fundamental conseguiu apurar, faz parte da ambição da actual direcção o regresso ao futebol sénior, que ainda foi equacionado para a próxima temporada, tendo no entanto os novos responsáveis pelo Aveiras preferido estruturar adequadamente o projecto e adiar o mesmo possivelmente para a temporada seguinte (2020-2021), de forma a que os seniores do Aveiras configurem uma realidade mais forte e organizada. Uma decisão sensata, sem sombra de dúvidas.

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR