Azambuja: autarquia entrega Bolsas de Estudo com patrocínio da CLC

Nesta cerimónia foi apresentado o programa “Academia dos Empreendedores" e o lançamento da “Empreendipédia – Dicionário de Educação para o Empreendedorismo”.

O Município de Azambuja realizou no passado dia 11 de maio, no Auditório do Centro Cultural Páteo Valverde, a cerimónia de entrega de Bolsas de Estudo e Mérito e dos Prémios de Mérito patrocinados pela CLC. A sessão contou com as presenças do Presidente da Câmara Municipal, Luís de Sousa, do administrador da empresa CLC, José Eduardo Nunes, e da Directora do Agrupamento de Escolas de Azambuja, Madalena Tavares.

Este programa municipal de atribuição de bolsas é uma realidade já com largos anos e tem como objectivos gerais reconhecer o desempenho dos alunos com melhores resultados, por um lado, e incentivar e apoiar estudantes de agregados familiares com insuficiência económica, por outro.

“A autarquia pretende, com este instrumento, promover a formação académica e o aproveitamento escolar dos jovens, contribuir para o incremento de quadros superiores no Concelho de Azambuja, reduzir a desigualdade no acesso a boas condições de ensino e, ainda, premiar o desempenho dos que alcançam a excelência com o seu trabalho”, refere fonte da Câmara em comunicado de imprensa.

De acordo com as normas desta medida nas áreas da Educação e da Juventude, a bolsa de estudo destina-se a ajudar jovens de agregados familiares de menores recursos, enquanto as de mérito visam premiar os que obtenham uma classificação média igual ou superior a 15 valores. Neste contexto, foram contemplados pela frequência ou ingresso no ensino superior 30 alunos, cada um deles com a bolsa de estudos no valor de 1.000 euros, um investimento assumido pela autarquia como forma de apoio a estudantes de agregados familiares com rendimento per capita inferior a 500 euros e que tiveram aproveitamento escolar no ano interior.

Na vertente Mérito são contemplados 10 estudantes, cada um com uma bolsa de 1.000 euros, em reconhecimento do mérito e excelência dos seus resultados académicos. “Com a atribuição destas 40 bolsas, a Câmara Municipal de Azambuja investe 40 mil euros no futuro do concelho”, acrescenta a mesma fonte da autarquia de Azambuja.

Neste âmbito, foram igualmente entregues prémios patrocinados pela CLC – Companhia Logística de Combustíveis SA, enquadrados por protocolos celebrados entre a empresa, a Câmara Municipal e o Agrupamento de Escolas de Azambuja.

Assim, em parceria com a autarquia, a excelência dos estudantes universitários com melhores resultados será recompensada com a atribuição de três Prémios de Mérito CLC, no valor total de 9.000 euros. Como apoio à Excelência dos alunos do Ensino Secundário, no âmbito de um protocolo estabelecido com o Agrupamento de Escolas de Azambuja, foram contemplados os três alunos dos Cursos Científicos-Humanísticos que concluíram o ensino secundário em 2018, com a atribuição de Prémios de Mérito CLC, no valor global de 5.500 euros.

Nesta mesma cerimónia, foi apresentado aos jovens e à comunidade educativa o programa “Academia dos Empreendedores“, com a intervenção de Rui Pinto, Mestre em Economia e Gestão da Inovação, pelo Instituto Superior de Economia e Gestão. Trata-se de um programa em que o Município de Azambuja investe na educação para o empreendedorismo, procurando desenvolver as competências e a criatividade entre os mais jovens, como forma de promover uma cultura mais inovadora e empreendedora.

O evento contou ainda com a sessão de lançamento da “Empreendipédia – Dicionário de Educação para o Empreendedorismo”, uma publicação da editora Gradiva. Este momento teve como oradores convidados Paulo Mendes Pinto, director da Área de Ciências das Religiões da Universidade Lusófona e o Professor Doutor José Eduardo Franco, director do Projecto Empreendipédia, director da Cátedra Infante Dom Henrique da Universidade Aberta e da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.