Alenquer: Arrocásia sem iluminação pública é um perigo para os moradores

Os moradores da Arrocásia (Alenquer) vivem preocupados devido à ausência de iluminação pública na via principal daquela urbanização. A urbanização é ponto de passagem de boa parte do trânsito que procura fugir à rotunda do IC2 sobretudo em hora de ponta.

Os moradores da Quinta da Arrocásia vivem preocupados devido à ausência de iluminação pública na via principal daquela urbanização, situada paredes meias com a vila de Alenquer. Para piorar a situação a urbanização é ponto de passagem de boa parte do trânsito que procura fugir à rotunda do IC2 sobretudo em hora de ponta.

A Rua Joaquim Falé tornou-se, deste modo, uma alternativa à estrada nacional para quem pretende aceder a Alenquer ou ao bairro das Paredes. O problema é que esta rua principal da urbanização da Arrocásia não foi estruturada para comportar o fluxo de trânsito que actualmente a atravessa. E sem iluminação pública, o perigo é constante e evidente.

Os finais de tarde têm sido penosos para os habitantes da Arrocásia. O trânsito de pesados é frequente e a ausência de iluminação anuncia uma tragédia a qualquer momento. Os moradores queixam-se: “Camiões a passar pelo meio da Quinta que até já bateram na esquina de uma casa de habitação. Até quando esta situação vai manter-se? Estamos preocupados”.

Alguns moradores com quem o Fundamental conversou garantem que a Câmara de Alenquer já terá conhecimento da situação, mas até agora nada terá sido feito para repor a iluminação pública ou mesmo para restringir a circulação daquela via a veículos ligeiros.”Por sorte ainda não houve nenhum atropelamento, mas foi apenas e somente por muita sorte”, opinam os moradores.

 

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR