Aveiras: Câmara comprou antigo cinema e vai transformar em centro cultural

O Município de Azambuja adquiriu recentemente as antigas instalações do cinema de Aveiras e pretende transformar o espaço num centro cultural. Ao mesmo tempo comprou a propriedade anexa ao imóvel, com o objectivo de promover uma reconversão urbana do Largo da República.

A Câmara Municipal de Azambuja adquiriu recentemente as antigas instalações do cinema de Aveiras de Cima e agora pretende transformar o espaço num centro cultural. Ao mesmo tempo a autarquia comprou a propriedade anexa ao imóvel, com o objectivo de promover uma reconversão urbana do Largo da República.

A compra foi concretizada nos últimos dias de 2018 e envolveu cerca de 300 mil euros, aos quais se juntaram mais cerca de 60 mil para garantir a aquisição do imóvel anexo, que já fica situado no Largo da República. Recorde-se que nos tempos de Joaquim Ramos a autarquia quis adquirir este imóvel, mas esbarrou nos valores elevados que na altura foram solicitados pela empresa proprietária.

Desta vez, porém, o negócio foi possível de ser levado à prática. A empresa, antiga proprietária do imóvel, pertence a António Alberto Maurício. Já o prédio anexo pertencia a Conceição Maurício, esposa de António Alberto. O casal arrecadou a quantia aproximada de 360 mil euros com esta venda. No passado, chegaram a pedir mais do dobro pelos mesmos prédios. Outros tempos.

De acordo com fonte da autarquia, o objectivo passa por requalificar o Largo da República e o próprio Cinema, transformando-o talvez num centro cultural, um espaço de apoio a actividades como a Ávinho, por exemplo. Recorde-se que o antigo cinema de Aveiras tinha capacidade para 320 lugares sentados.

António José Matos garante que foi a boa vontade de Luís de Sousa que permitiu a concretização do negócio. “A visão do presidente e a sua vontade de engrandecer Aveiras de Cima foram determinantes para levar a cabo este negócio”, assegura o vereador, antigo presidente da Assembleia Municipal de Azambuja.

O investimento da autarquia em Aveiras de Cima não ficou pelo antigo cinema. A Câmara também adquiriu um terreno com cerca de 3 mil metros quadrados, destinado a parque de estacionamento. O terreno fica situado mesmo no coração de Aveiras, anexo às antigas instalações da empresa Sivac. O futuro parque de estacionamento terá capacidade para cerca de 180 automóveis.

De acordo com António José Matos, este é o terreno ideal para o fim a que se destina, pois está situado no centro da vila e perto do comércio e dos serviços existentes no coração de Aveiras de Cima. A aquisição deste terreno significou um investimento de cerca de 270 mil euros. O acesso ao parque far-se-á pela Travessa da Fonte Santa, sendo que a saída do estacionamento deitará para a Rua António Amaro dos Santos, que futuramente ficará com transito somente no sentido este-oeste.

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR