Municípios do Oeste unidos no combate ao insucesso escolar

O Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar – Aluno ao Centro, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Oeste, tem por objectivo promover um maior e melhor acompanhamento dos alunos da Região Oeste.

O Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar – Aluno ao Centro, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Oeste, tem por objectivo promover um maior e melhor acompanhamento dos alunos da Região Oeste, com base no reforço da igualdade no acesso ao ensino, na melhoria do sucesso educativo dos alunos e na qualidade e eficiência do sistema de educação.

Em 2011, a taxa de analfabetismo no Oeste era de 6,1%, situando-se acima da verificada em termos nacionais (5,2%), e os residentes com ensino superior completo representavam apenas 11,7%, menor do que a percentagem nacional (15,4%).

A problemática do insucesso escolar no Oeste decorre de uma multiplicidade de factores: os factores pessoais, familiares, de contexto e da escola. Contrariamente a abordagens mais tradicionais que entendiam o fenómeno do insucesso escolar como um fracasso individual, actualmente prevalece um amplo consenso em torno de uma problemática multifacetada, em que a família e a sua situação socioeconómica desempenham um elevado protagonismo.

Para além disso, o défice de residentes altamente qualificados constitui um constrangimento à competitividade económica da sub-região, comprometendo a capacidade de enfrentar os desafios da modernização e da internacionalização com que a economia actual se depara.

Consciente desta problemática, a Comunidade Intermunicipal do Oeste, promotora do Projecto Aluno ao Centro, elaborou o Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar que se baseia em três prioridades estratégicas de intervenção: promover a inclusão e o sucesso educativo e prevenir o abandono escolar nos doze Municípios do Oeste, promover o desenvolvimento de abordagens inovadoras e promover a inclusão e as respostas a necessidades especiais de educação.

Assim, as medidas de promoção do sucesso escolar contempladas no projecto Aluno ao Centro foram estruturadas de modo a envolver escolas, municípios, professores, famílias, empregadores, associações locais e outros stakeholders regionais e locais, contribuindo para as metas gerais, neste domínio, do Plano Nacional de Reformas e do Portugal 2020, em particular em matéria de redução até 2020 para 10% da taxa de abandono escolar precoce.