Enguia em Salvaterra: evento decorre até ao próximo domingo de Páscoa

O Mês da Enguia decorre até ao próximo dia 1 de Abril, domingo de Páscoa. Três toneladas de enguias já foram consumidas desde o início do evento nos 21 restaurantes aderentes do Concelho de Salvaterra de Magos.

O Mês da Enguia decorre até ao próximo dia 1 de Abril, domingo de Páscoa. Três toneladas de enguias já foram consumidas desde o início do evento nos 21 restaurantes aderentes do Concelho de Salvaterra de Magos.

Apesar das condições climatéricas adversas que se verificaram nas últimas semanas, o concelho tem recebido muitos visitantes que aproveitam a gastronomia de excelência associada à enguia e as ofertas recreativas, culturais, desportivas e turísticas disponíveis.

Enguia frita com arroz de feijão, ensopado ou caldeirada são os pratos de eleição, mas há quem opte por provar outras variedades como a Espetada de Enguias, Enguias à Lagareiro ou Enguias Grelhadas, entre muitas outras.

As cinco exposições que se encontram patente em diferentes espaços municipais, assim como a Falcoaria Real e o Museu “Escaroupim e o Rio” têm recebido vários grupos de visitantes. Às sextas, sábados e domingos decorre a Feira Nacional de Artesanato e de Produtos Regionais, no Pavilhão do Inatel, em Salvaterra de Magos, com cerca de uma centena de artesãos e produtores de vários pontos do país com artigos para todos os gostos e vários momentos de animação.

No último sábado decorreu na Barragem de Magos uma prova do Campeonato Regional de Fundo do Vale do Tejo em Canoagem, com a participação de mais de 300 atletas de 14 clubes de todo o país. Ainda no sábado, a comissão de festas de Marinhais organizou um Baile da Pinha no pavilhão das festas de Marinhais.

Já ontem, domingo, mais de três centenas de participantes estiveram no 3º Passeio de Motas e Motorizadas, organizado pela Associação dos Amigos das Festas de Foros de Salvaterra. Neste último domingo realizou-se também os “12 Km de Salvaterra – Prova Professor António Lopes” bem como a caminhada “Mexa-se como nós”.