Alenquer conquista prémio “Autarquia do Ano” em cultura e património com a tradição Pintar dos Reis

Alenquer conquistou o prémio “Autarquia do Ano” em Cultura e Património devido à tradição do Pintar e Cantar dos Reis, que valeu ao município a distinção na vertente de Cultura Popular.

Alenquer conquistou o prémio “Autarquia do Ano” em Cultura e Património devido à tradição do Pintar e Cantar dos Reis, que valeu ao município a distinção na vertente de Cultura Popular. A entrega do galardão decorreu em Lisboa no dia 8 de junho. A edilidade foi representada por Rui Costa, vereador com o pelouro da Cultura.

“Este prémio e galardão é mais um reconhecimento do trabalho desenvolvido pelo município na salvaguarda e valorização da tradição do Pintar e Cantar dos Reis no concelho de Alenquer, especificamente em 2021, ano em que viu formalizada a sua inscrição no Inventário Nacional de Património Cultural Imaterial”, afirmou o autarca neste contexto.

Rui Costa acrescentou, frisando que esta distinção é de todos : “é um prémio que partilhamos com grande alegria e orgulho com cada um dos nossos reiseiros, pintores ou cantores, que nessa noite de 5 para 6 de janeiro, ano após ano, mantém acesa a luz da nossa identidade e do nosso elevado sentimento de pertença a estas terras”.

O Prémio Autarquia do Ano é atribuído pela Lisbon Awards Group e pelo jornal ECO, e nasceu com o objetivo de homenagear os municípios e freguesias que se destacam nas mais variadas áreas pelas suas práticas inovadoras e de gestão rigorosa do interesse público. O galardão foi atribuído na sequência de uma candidatura apresentada por Alenquer, que foi sujeita a avaliação de um grupo de jurados composto por personalidades da sociedade civil que se distinguiram pelo seu percurso cívico, académico e profissional.