Azambuja volta a registar subida nos casos positivos de Covid

Continua a incerteza em torno dos números de casos positivos de Covid-19 registados na Freguesia de Azambuja. Nesta segunda-feira volta a registar-se uma subida de testes positivos, sendo agora 53 os casos reportados pelas autoridades locais.

Continua a incerteza em torno dos números de casos positivos de Covid-19 registados na Freguesia de Azambuja. Depois de alguns dias durante os quais as descidas foram consecutivas e permanentes, nesta segunda-feira volta a registar-se uma subida de testes positivos, sendo agora 53 os casos reportados pelas autoridades locais.

Desta forma, o Concelho de Azambuja apresenta hoje um total de 61 casos activos, dos quais 53 são moradores na Freguesia de Azambuja e 4 na Freguesia de Aveiras de Cima, onde a descida tem sido gradual, passando em poucos dias de 10 para os 4 casos referidos. Há ainda mais 4 pessoas que testaram positivo e que estarão identificadas no restante concelho, em freguesias por apurar.

De realçar que as autoridades locais continuam a não divulgar os dados relativos às freguesias onde se verifica um número de casos inferior a 3, não obstante a Ministra da Saúde ter garantido aos autarcas de Azambuja que não há qualquer proibição de o fazer. Mesmo com a carta recebida da governante as autoridades do município preferem não arriscar, o que é bem demonstrativo das dificuldades de relacionamento entre poder local e poder central também nesta matéria.

Ainda no tocante aos números do Concelho de Azambuja há a referir os 85 casos de pessoas que já recuperaram desta doença, sendo que existem ainda 3 cidadãos internados, cenário que se mantém há alguns dias. Há 73 pessoas em isolamento domiciliário e mantém-se os 2 óbitos já anteriormente noticiados pelo Fundamental.

A Presidente da Junta de Freguesia de Azambuja informou no decorrer da comunicação que habitualmente disponibiliza aos habitantes da freguesia que os funcionários da Junta tiveram este domingo, e pela primeira vez em muitas semanas, direito a gozar uma folga. Mas face à subida que hoje voltou a verificar-se, a autarca afirma que essa situação irá ser alvo de uma reavaliação.

Inês Louro voltou ainda a agradecer os donativos que têm sido feitos à loja social criada pela Junta de Freguesia, relembrando, e citamos, “que nunca será demais relembrar que esta iniciativa destina-se a apoios pontuais criados no âmbito desta pandemia”.

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR