Azambuja: Câmara disponibiliza computadores e net para 420 alunos – investimento de 100 mil euros

O Município de Azambuja vai disponibilizar computadores portáteis e cartões de acesso à internet a 420 alunos do primeiro até ao décimo segundo ano de escolaridade de toda a área do concelho. A informação foi veiculada hoje pela autarquia de Azambuja.

De acordo com Luís de Sousa, presidente do Município, a medida tem carácter de empréstimo e pretende criar a maior igualdade possível de condições de acesso ao ensino, para além de vir dar resposta à situação da pandemia de Covid-19 que continua a exigir o encerramento das escolas e a condicionar fortemente o funcionamento do ano lectivo vindouro.

Ainda de acordo com o autarca, o diagnóstico foi feito com a colaboração dos Agrupamentos de Escolas e dos professores directores de turma que contactaram os encarregados de educação de todos os alunos do concelho no sentido de saber se dispunham ou não, em sua casa, de meios digitais que proporcionem melhores recursos de ensino à distância.

Este diagnóstico apurou que, do universo de aproximadamente dois mil alunos existentes no Concelho de Azambuja entre os 1º e 12º anos de escolaridade, 420 destes não possuem computador e cerca de 250 não têm acesso à internet.

A Câmara Municipal está já a desenvolver o procedimento de aquisição dos equipamentos e espera-se que os mesmos estejam prontos para distribuição até ao final do corrente mês de Abril. A entrega dos computadores será articulada pelos 3 Agrupamentos de Escolas da área do município.

De referir, como já foi frisado, que se trata de uma cedência a título de empréstimo. No acto de levantamento do computador e cartão de acesso à internet o encarregado de educação assinará um contrato em que se compromete a devolver o equipamento – em data a definir – no bom estado em que o recebeu.

Ainda de acordo com o edil de Azambuja, e citamos, “Esta é mais uma medida de apoio social, na área da Educação, prioritária nas políticas do Município de Azambuja, que representa um investimento desta autarquia de cerca de 100 mil euros”, referiu Luís de Sousa.


Nelson Neves ao F-Canal: “Há muitas empresas nos cuidados intensivos ligadas a ventiladores”

Nelson Neves volta ao Fundamental Canal para falar das respostas criadas no âmbito da pandemia do coronavírus. O nosso especialista em revitalização e recuperação de empresas refere que a pandemia que vivemos já colocou muitas empresas nos cuidados intensivos e ligadas a ventiladores.