Luís de Sousa apela: “Por favor, fiquem em casa” – Azambuja activou Plano Municipal de Emergência

Tal como o Fundamental já tinha noticiado na passada segunda-feira, o Município de Azambuja activou o Plano Municipal de Emergência de Protecção Civil, com efeitos desde o dia 01 de Abril e por tempo indeterminado.

Tal como o Fundamental já tinha noticiado na passada segunda-feira, o Município de Azambuja activou o Plano Municipal de Emergência de Protecção Civil, com efeitos desde o dia 01 de Abril e por tempo indeterminado.

A decisão foi assumida em despacho emitido pelo Presidente da Câmara. Luís de Sousa é também o responsável máximo pela Protecção Civil Municipal. O autarca tomou a decisão após consulta prévia da respectiva comissão municipal que, em reunião extraordinária, aprovou por unanimidade esta posição.

De acordo com Luís de Sousa, “esta activação do Plano Municipal de Emergência fundamenta-se no estado de emergência vigente há duas semanas em todo o país, e agora renovado até dia 17 de Abril pelo Presidente da República e pelo Governo”.

Por outro lado, acrescenta o autarca de Azambuja, “a actual crise de saúde pública e a situação de pandemia pelo vírus Covid-19 apresentam-se longe de estar resolvidas ou, sequer, cabalmente controladas, na medida em que dependem do comportamento de cada um dos cidadãos”.

Refira-se que o plano de emergência, uma vez accionado, garantirá o acompanhamento permanente e reforçado da evolução da situação epidemiológica. Neste sentido, o Presidente da Autarquia determina a manutenção de todas as medidas excepcionais já tomadas, bem como a adopção de medidas preventivas e de reacção que se apresentem necessárias. De acordo com este plano, serão seguidos todos os procedimentos de coordenação técnica e operacional dos vários serviços e forças envolvidos neste processo.

Luís de Sousa acrescenta: “O Município de Azambuja partilha com toda a comunidade um sentimento positivo e de confiança face ao número muito reduzido de casos verificados até esta altura na área do nosso concelho”. O edil relembra: “Se cada cidadão fizer a sua parte, ficando o mais possível em casa, estará a proteger-se a si e aos outros, nomeadamente aos muitos profissionais e voluntários que têm de circular e manter as suas actividades para que os bens e os serviços essenciais não faltem a ninguém”.


Vale a pena ver! Nuno Ferreira num concerto brutal e exclusivo para os leitores do Fundamental Canal

Lancei o desafio a Nuno Ferreira para produzir um concerto em casa para o nosso canal. Nuno é um profissional, da “liga dos campeões” da música, que aqui nos proporciona meia hora de brutal entretenimento, muito bem acompanhado por Fábio Rodrigues (viola baixo) e por Lucas Ferreira, filho do conhecido guitarrista.

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR