Carregado: Sérgio Ricardo é o novo treinador da equipa sénior de futebol

Sérgio Ricardo é o novo treinador da equipa sénior do Carregado, tendo chegado a acordo com a direcção liderada por Fernando Silva para orientar o escalão maior da ADC para a temporada que se avizinha.

Bom filho à casa torna. Sérgio Ricardo é o novo treinador da equipa sénior do Carregado, tendo chegado a acordo com a direcção liderada por Fernando Silva para orientar o escalão maior da ADC para a temporada que se avizinha. É o regresso a casa de um treinador que conhece o Carregado… provavelmente ainda melhor que a palma das suas próprias mãos.

Fernando Silva confirmou ao Fundamental o acordo com Sérgio Ricardo. “Trata-se de um treinador com provas dadas e grandes credenciais, que conhece bem o clube até porque esteve recentemente na direcção da Associação”, refere o presidente, para complementar: “É o treinador ideal para o virar de página que pretendemos, para aproveitar mais a nossa formação e fazer regressar ao clube atletas com valor que foram cá formados”.

Já Sérgio Ricardo está visivelmente entusiasmado com esta nova etapa da sua carreira, estando já a desenvolver contactos com vista a formar um plantel competitivo. Recorde-se que o Carregado desceu à primeira divisão de Lisboa, o que faz com que a próxima época signifique um recomeçar praticamente do zero.

Refira-se ainda que a equipa sénior do Carregado vai trabalhar em Vila Nova da Rainha, no campo do União Desporto e Recreio. O acordo faz parte de um protocolo existente entre UDR e ADC. Desta forma os seniores do Carregado conseguirão treinar a uma hora que seja consensual para todos os intervenientes, evitando a azáfama habitual do Lacerda Pinto Barreiros devido a toda a dinâmica empreendida pela formação do clube.

Para Sérgio Ricardo é o regresso ao trabalho de campo ao serviço do “seu” Carregado. Refira-se que para além da Associação Desportiva Sérgio apenas representou mais dois clubes enquanto treinador: Casa Pia (2014-2015) e Grupo Desportivo de Marinhais na última temporada, duas etapas de curta duração. Até há pouco tempo integrava a direcção da Associação Desportiva, cargo do qual prescindiu para abraçar este novo desafio.

Já ao serviço da ADC Sérgio tem um currículo de um quarto de século repleto de vitórias e subidas de divisão, tanto na condição de jogador como na condição de treinador, primeiro adjunto de Elói Zeferino (2005 a 2011) e depois na condição de “mister” principal, entre 2011 e 2014.

 

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR