Azambuja: Tertúlia Festa Brava debate tauromaquia no feminino

A Tertúlia Festa Brava abre as actividades de 2019 com a realização de um colóquio subordinado ao tema “Tauromaquia – uma visão no feminino”. Sandra Batalha será uma das convidadas para este colóquio.

Sandra Batalha está ligada à área da comunicação social taurina, tendo fundado com o falecido marido Pedro Cardoso a revista "Contra Barreira".

A Tertúlia Festa Brava, sediada em Azambuja, abre as actividades de 2019 com a realização de um colóquio subordinado ao tema “Tauromaquia – uma visão no feminino”.

O evento tem entrada livre e está marcado para o fim de tarde do próximo dia 11 de Janeiro, pelas 19h30, nas instalações da tertúlia, na Travessa do Matadouro.

Para partilharem a sua experiência e a sua perspectiva relativamente ao universo taurino, estão convidadas quatro mulheres com ligações distintas a esse universo. São elas Ana Batista – cavaleira tauromáquica profissional, Fátima Nalha – presidente da direção do Clube Taurino Vilafranquense (de Vila Franca de Xira).

Também Sandra Batalha será uma das convidadas para este colóquio. Sandra está ligada à área da comunicação social taurina, tendo fundado com o falecido marido Pedro Cardoso a revista “Contra Barreira”. Cardoso foi, recorde-se, colaborador de diversas publicações taurinas até ao ano de 2009. A moderação do colóquio estará entregue à aficionada Ester Tereno.