Santa Cruz: Miguel Rocha campeão nacional de bodysurf no Ocean Spirit

Neste último fim de semana do Santa Cruz Ocean Spirit 2018, a Aldeia Neptuno recebeu a quarta etapa do Circuito Nacional de Bodysurf e do Circuito Nacional de Bodysurf Junior, que coroou Miguel Rocha e Jaime Bonito nas respectivas categorias.

A abrir este último fim de semana do Santa Cruz Ocean Spirit 2018, a Aldeia Neptuno recebeu a quarta etapa do Circuito Nacional de Bodysurf e do Circuito Nacional de Bodysurf Junior, que coroou Miguel Rocha e Jaime Bonito nas respectivas categorias.

Com ondas de um metro e meio, coube aos juniores – que este ano se estreiam no circuito nacional -, fazer as honras da casa. Contra Tiago Mesquita e Vasco Cyme, Jaime Bonito entrou no mar com confiança, fazendo logo na primeira onda 5.83 pontos, seguido de um 4.50. Apesar de não ter notas muitas altas (2.17 e 1.67), o atleta também garantiu o seu lugar na final, já que Vasco não conseguiu encontrar-se com o mar, tendo acabado a prova sem qualquer ponto. Em seguida, Francisco Ferreira, António Coutinho e Filipe Sá Leal entraram na disputa, tendo o primeiro uma pontuação máxima de 15.84, deixando o segundo lugar para António.

Na final, Jaime Bonito foi quem se destacou, alcançando uma pontuação máxima de 8.90. “Entrei com confiança e acho que me saí muito bem. Queria agradecer a todos pelo apoio”, afirmou o vencedor da prova, que alcança assim este feito pela segunda vez consecutiva. O segundo lugar foi ocupado por António Coutinho, o terceiro por Tiago Mesquita e o quarto por Francisco Ferreira.

Na categoria Open, os olhos estiveram postos em Miguel Rocha e Rodrigo Carrajola, já que ambos estavam na luta pelo título nacional. Na meia-final, João Brogueira ficou a escassos pontos de distância de Miguel (10.77), ao receber uma pontuação total de 10.73, deixando o atleta da Vagueira na “corda bamba”. Por seu turno, nesta fase, Rodrigo manteve sempre a distância dos adversários, terminando esta bateria com 12.07 pontos no total. Na decisão do título, tudo indicava que este seria o vencedor, mas a poucos minutos do fim Miguel entra no tubo, faz um rolo e aterra na perfeição, virando o resultado a seu favor, tornando-se assim tetra-campeão do Circuito Nacional de Bodysurf.

“Estava a precisar de uma nota boa. O Rodrigo tinha prioridade, por isso, tentei fugir um pouco mais para o lado esquerdo de forma a estar mais livre. Tive sorte, pois aquela onda apareceu nos últimos minutos”, afirmou. Miguel terminou assim a penúltima prova do circuito com uma pontuação máxima de 13.50, deixando Rodrigo com 12.26. “Comecei bem o ano, ao contrário do que aconteceu nos anos anteriores, e tornou-se um pouco mais fácil. Mais uma vez a luta pelo título foi entre nós os dois”, concluiu. Terceiro e quarto lugares foram ocupados por João Brogueira e João Metelo.

Portugal com 11 atletas na final do Noah Eurosurf Junior 2018. No que toca à grande atracção do programa desportivo deste ano do Santa Cruz Ocean Spirit, o Noah Eurosurf Junior 2018, as selecções portuguesa, francesa e espanhola continuam a ser as favoritas para a grande final. No entanto, a equipa lusa segue na frente com 11 atletas na final do quadro principal, contra os 8 de França e Espanha.

O dia foi agridoce para a selecção nacional, que perdeu no Surf Sub-18 Feminino Francisca Veselko, que parecia estar em sintonia com o mar, mas caiu na final das repescagens, deixando Mafalda Lopes sozinha no quadro principal da final, onde irá enfrentar a francesa Neis Lartigue e as espanholas Melania Suarez e Nadia Erostarbe.

No Surf Sub-18, Salvador Couto também ficou pelo caminho, terminando assim a sua prestação em oitavo lugar na sua categoria. Ainda no Surf, na categoria Sub-16, Guilherme Ribeiro e Afonso Antunes estão na final e irão enfrentar Thomas Ledee, de França, e Sean Gunning, de Espanha.

No Longboard Sub-18, a presença da equipa lusa está garantida com António Dantas. O português irá enfrentar o surfista francês Cornelius Accoh, o inglês Jordan Zervas e o holandês Kay Van Der Valk.

No tudo ou nada da repescagem final do Bodyboard Sub-16, Joel Rodrigues fez a selecção tirar os pés da areia ao fazer um total de 16.33. Pedro Ferreira não quis deixar o companheiro sozinho e não perdeu tempo. Rolou para a direita, mostrando o potencial da onda, terminando a bateria com 10.26. No Bodyboard Sub-18, David Vedor e Miguel Ferreira também tiveram uma boa prestação hoje, preparando-se agora para a grande final.

A conservação dos oceanos no Santa Cruz Ocean Spirit. No Festival Internacional de Desportos de Ondas, a prática desportiva anda “de mãos dadas” com a sustentabilidade e as preocupações ambientais, que se reflectem em actividades para miúdos e graúdos que vão da Aldeia Neptuno ao centro de Santa Cruz. Ali, na Esplanada Antero de Quental, está estacionado o Vaivém Oceanário, o projecto de educação ambiental em movimento do Oceanário de Lisboa que integra, pelo segundo ano consecutivo, a programação do Santa Cruz Ocean Spirit.

“Elevar a literacia azul em Portugal” é o grande objectivo do Vaivém Oceanário que, segundo Tomás Santos, coordenador do projecto, já passou por 209 municípios desde o seu início, em 2005. A ideia é passar informação sobre como o Oceano nos influencia e como é que nós o influenciamos. Uma relação que não tem sido a mais saudável, uma vez que “nos últimos 18 anos produzimos mais plástico no mundo inteiro do que no século XX. É uma dimensão gigante”, acrescenta Tomás Santos.

As actividades lúdico-pedagógicas pretendem explicar que o plástico é mesmo uma das maiores ameaças à conservação do Oceano, promovendo a alteração de comportamentos diários como a substituição de plástico descartável por reutilizável. Enquanto apresentações temáticas decorrem dentro do camião do Vaivém Oceanário, cá fora simulam-se limpezas de praia em que os participantes têm de fazer a triagem do lixo.

“Temos de conhecer para proteger”, afirma Tomás Santos, ao final de uma semana de sensibilização para que se defenda “aquilo que é nosso e de todos, que é o nosso Oceano.” Amanhã, o Vaivém Oceanário continua de portas abertas ao público em geral, das 9h00 às 13h00.