Santa Cruz: Filipa Broeiro é a nova campeã da Europa de bodyboard feminino

Filipa Broeiro conquistou o primeiro título europeu para a equipa nacional, sagrando-se a nova campeã da Europa de bodyboard sub-18, no âmbito do Noah Eurosurf Junior, que decorre na Praia de Santa Cruz, em Torres Vedras.

A selecção nacional não podia ter um dia melhor, ao ver a sua atleta Filipa Broeiro conquistar o primeiro título europeu para a equipa nacional, sagrando-se a nova campeã da Europa de bodyboard sub-18, no âmbito do Noah Eurosurf Junior, que decorre na Praia de Santa Cruz, em Torres Vedras.

“Já estava a espera que a Filipa fizesse o que fez, aliás era o que todos estávamos à espera. É sempre bom começarmos uma grande final a ganhar e isso motiva-nos para alcançarmos o motivo principal que nos trouxe aqui: sermos campeões europeus”, refere Catarina Sousa, seleccionadora nacional de bodyboard feminino.

Por seu lado, também o bodyboard masculino se destacou com os dois atletas sub-16 Joel Rodrigues e Pedro Ferreira a passarem à próxima grande etapa. David Vedor, atleta de bodyboard sub18, passou na sua bateria e Miguel Ferreira foi menos felizardo passando amanhã para as repescagens, mas continuando em competição.

Paralelamente Portugal teve a sua primeira baixa com Diogo Martins que, após passar às repescagens, não conseguiu passar a sua bateria tendo alcançado o nono lugar desta prova.

Martim Nunes e João Mendonça, atletas lusos de surf sub-14, passaram à próxima fase que aproxima ambos os atletas da final. Afonso Antunes e Guilherme Ribeiro, atletas surf lusos sub16 passaram os seus heats e ajudam, também eles, a que o sonho europeu esteja mais perto de se concretizar.

Também a surfista Francisca Veselko (sub18) dominou o seu heat das repescagens batendo as suas adversárias e passando à fase seguinte, assim como Salvador Couto, que está cada vez mais perto de lutar pelo título junto dos atletas do quadro principal.

“Foi um dia muito positivo para Portugal; apesar de termos perdido o primeiro atleta, conseguimos alcançar o primeiro troféu individual com a excelente exibição da Filipa Broeiro. Estamos mais que preparados para este sprint final com a Espanha e a França. Se nos mantivermos assim garantimos que o título fica em casa e somos bicampeões pela primeira vez”, referiu David Raimundo, seleccionador nacional de surf.

“Estamos a jogar em casa, contamos com o apoio do público, conhecemos esta praia como ninguém e por isso estão reunidas todas as condições para isso” conclui David Raimundo.