Câmara de Alenquer anuncia reorganização dos serviços “para estar mais próximo dos munícipes”

A autarquia de Alenquer assegura ter procedido à reorganização dos serviços municipais com o objetivo de criar um novo modelo de prestação do serviço público mais flexível, mais ágil e mais próximo dos munícipes.

A autarquia de Alenquer assegura ter procedido à reorganização dos serviços municipais com o objetivo de criar um novo modelo de prestação do serviço público mais flexível, mais ágil e mais próximo dos munícipes.

Recorde-se que o novo modelo foi aprovado em novembro em Assembleia Municipal na sequência de uma proposta apresentada pelo executivo liderado por Pedro Folgado.

De acordo com Pedro Folgado este Modelo de Estrutura Orgânica Nuclear Flexível tem por objetivo aumentar o nível de eficácia e de eficiência dos serviços prestados pela autarquia, assim como viabilizar a concretização da sua missão, visão e objetivos estratégicos.

O autarca assegura que esta nova forma de organização dos serviços vem igualmente ajustar funcionalmente o que, com o tempo, se revelou indispensável para garantir uma maior operacionalidade dos serviços da Câmara de Alenquer.

Ainda de acordo com o Presidente da Câmara de Alenquer esta renovada orgânica também dá resposta às responsabilidades acrescidas do município no âmbito da transferência de competências do Estado em áreas como a Educação e mais recentemente a Saúde.


Sousa e o martírio da Covid-19: “Peço a Deus que ninguém passe pelo que passei nos últimos 15 dias”

O Presidente da Câmara de Azambuja aceitou o desafio do Fundamental Canal para partilhar com os nossos leitores como foi viver quase três semanas infetado com a Covid-19. Luís de Sousa afirma: “Peço a Deus que ninguém tenha de passar pelo que passei nestes últimos 15 dias”.