Vila Franca vai gastar 1,4 milhões de euros para retirar amianto das escolas

A Câmara de Vila Franca pretende investir 1,4 milhões de euros na remoção de estruturas de amianto de seis escolas do 2.º e 3.º Ciclo e do Ensino Secundário no Concelho. A proposta foi aprovada em reunião do executivo e segue agora para aprovação na Assembleia Municipal.

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira aprovou por unanimidade o lançamento do concurso público com vista à remoção de estruturas de amianto de seis escolas do 2.º e 3.º Ciclo e do Ensino Secundário no Concelho. A proposta foi aprovada em reunião do executivo e segue agora para aprovação na Assembleia Municipal.

O concurso público traduz-se num investimento municipal de 1.407.150 euros e as intervenções serão objeto de candidatura a Fundos Comunitários no âmbito do programa Lisboa 2020. A autarquia pretende que esta candidatura represente, em caso de aprovação, um financiamento total em relação ao valor a investir.

Nesta empreitada de remoção do amianto serão abrangidas as Escolas EB 2,3 Aristides de Sousa Mendes (Póvoa de Santa Iria), Padre José Rota (Forte da Casa), Bom Sucesso (Alverca do Ribatejo) e D. António de Ataíde (Castanheira do Ribatejo), e ainda as Escolas Secundárias do Forte da Casa e Alves Redol (Vila Franca de Xira).

Alberto Mesquita refere a este propósito: “Esta é uma intervenção de grande importância para melhorar as condições de segurança das Escolas Públicas do Município de Vila Franca de Xira, que se traduzirá na anulação dos fatores de risco quer para a saúde humana quer para o ambiente, associados à existência de materiais com amianto nestes estabelecimentos escolares“.

Prevê-se que as obras sejam concretizadas na interrupção letiva do verão de 2021. Recorde-se que a Câmara Municipal já assegurou, em intervenções anteriores, a remoção de todas as estruturas de amianto dos estabelecimentos da rede pública do Pré-Escolar e do 1.º Ciclo do Concelho de Vila Franca de Xira.


“5300 alenquerenses querem reversão do serviço da água” – Carlos Ferreira em entrevista no F-Canal

Carlos Ferreira é um dos grandes dinamizadores do Movimento Alenquer Água Justa a par de Alfredo Trinca e de António Matos. Um ano depois da fundação do Alenquer Água Justa, Carlos regressa ao nosso estúdio para fazer um balanço destes derradeiros meses.