Já este ano: Bombeiros e Cruz Vermelha de Azambuja tiveram 228 mil euros de apoios da Câmara

A Câmara de Azambuja já atribuiu, desde o início do ano, um total de 228 mil euros às duas corporações de Bombeiros Voluntários de Alcoentre e de Azambuja e à Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa de Aveiras de Cima.

A Câmara Municipal de Azambuja já atribuiu, desde o início do ano, um total de 228 mil euros às duas corporações de Bombeiros Voluntários de Alcoentre e de Azambuja e à Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa de Aveiras de Cima, com vista a reforçar a capacidade de resposta operacional destas instituições enquanto agentes de protecção civil.

Esta fatia do orçamento municipal contempla verbas para fazer face à aquisição e à contratação de meios técnicos e humanos, assim como ao investimento em equipamentos de protecção e viaturas, essenciais ao desempenho competente e eficaz da meritória missão destas forças na salvaguarda da segurança do território e de toda a população.

Da verba referida, os corpos de bombeiros instalados no concelho receberam um total de 126.850 euros, dividido equitativamente pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alcoentre e pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Azambuja, com o valor de 63.425 euros a cada uma delas.

Acrescente-se que, já durante este ano, foi ainda atribuído aos Bombeiros de Alcoentre o valor de 34.040 euros no âmbito do protocolo para a aquisição de um novo veículo de combate a incêndios, e também 394,83 euros destinados à aquisição de duas unidades UPS para assegurar a alimentação permanente de equipamentos.

No início do ano a Câmara Municipal de Azambuja assinou um protocolo de colaboração com as duas associações de bombeiros, com vista à criação da Central Municipal de Operações de Socorro que funcionará em permanência e que trará uma maior rentabilidade dos recursos e uma resposta mais eficaz às ocorrências de forma a que os cidadãos tenham o socorro mais rápido, eficiente e adequado possível. “Esta central permitirá, igualmente, uma coordenação em tempo real do número de operacionais e viaturas disponíveis, possibilitando uma maior agilização de meios“, assegura fonte da autarquia.

O Município de Azambuja concedeu ainda uma verba de 16.488 euros à Delegação de Aveiras de Cima Cruz Vermelha Portuguesa que, já durante o mês de Julho, viu ser deliberado em reunião de Câmara um apoio de 10.000 euros para a aquisição de uma viatura de transporte de doentes.

Luís de Sousa assegura ao Fundamental: “A Câmara Municipal de Azambuja continuará a apoiar as nossa forças de protecção civil e equipas envolvidas no socorro e transporte de doentes, com a atribuição dos subsídios anuais e apoios financeiros para aquisição de equipamentos, materiais e veículos, sempre que possível e necessário através de protocolos de colaboração“.

O Presidente acrescenta: “Numa fase tão complexa da vida global provocada pelo novo coronavírus, de enorme exigência e novos desafios para todas as instituições, a autarquia não poderia deixar de apoiar e discriminar positivamente os profissionais que, todos os dias, põem em risco a própria saúde para manter a segurança e o socorro em toda a área do Concelho de Azambuja”.