Joaquim Ramos: antigo presidente da Câmara de Azambuja perdeu 12 mil euros no BES

Ramos afirma que perdeu 12 mil euros em acções do BES. O antigo presidente da Câmara de Azambuja "ataca" o actual Governador do Banco de Portugal, Ricardo Salgado e ainda Cavaco Silva, ao qual apelida de múmia Cavacal. Sempre no estilo descontraído e bem humorado que lhe é peculiar.

Joaquim António Ramos afirma que perdeu 12 mil euros em acções do antigo Banco Espírito Santo (BES). O antigo presidente da Câmara de Azambuja “ataca” o actual Governador do Banco de Portugal, Ricardo Salgado e ainda Cavaco Silva, ao qual apelida de múmia Cavacal. Sempre no estilo descontraído e bem humorado que lhe é peculiar.

Joaquim Ramos afirma: “Eu tinha algumas acções do BES quando, da noite para o dia, o Banco foi liquidado, apesar de três dias antes a Cavacal múmia e o seu agente bancário – o ainda hoje Governador do Banco de Portugal – terem vindo a público jurar que o BES era uma maravilha, um banco sólido e o Doutor Salgado um exemplo de probidade e dedicação ao sistema financeiro português”.

O ex-autarca de Azambuja, que foi presidente da Câmara Municipal entre 2001 e 2013, complementa: “Nestes três dias, os meus 12 000 euros de acções reduziram-se a zero”. Ainda assim Joaquim Ramos assegura: “Não me queixo, que há quem tenha perdido as economias duma vida por conta destes três senhores! Mas não posso deixar de me indignar!”, acrescenta Ramos.

Joaquim Ramos acrescenta que no dia de hoje recebeu uma carta a dizer que os seus créditos não foram reconhecidos. Ainda no seu jeito bem humorado e inconfundível o antigo presidente da Câmara e da Assembleia Municipal de Azambuja afirma: “Disseram-me que se eu quiser reclamar tenho que ter o Adobe Reader e tenho ainda que ir a um site com 73 caracteres, que não existe, procurar pelo meu nome e fazer um requerimento ao juiz de instrução, mas avisam-me logo que não vou levar nenhum”.

Sempre bem disposto, mesmo tendo perdido 12 mil euros, Ramos remata: “Isto é gozar com o pagode, depois de o assaltar! Sabem que mais? Os identificados mais a comissão liquidatária, criada depois de o Banco ter sido liquidado, podem pegar nas minhas acções e limpar-lhe o… nalguma enrascadela a meio da estrada”. Joaquim Ramos igual a si próprio.

 

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR