Autarquias do Oeste já implementaram novo tarifário dos transportes públicos

Autarquias do Oeste e transportadoras que operam nesta região reuniram para formalizar o acordo de princípio firmado no passado dia 29 de Março, no âmbito do Programa de Apoio à Redução Tarifária.

Autarquias do Oeste e transportadoras que operam nesta região reuniram na sede da Comunidade Intermunicipal, em Caldas da Rainha, para formalizar o acordo de princípio firmado no passado dia 29 de Março, no âmbito do Programa de Apoio à Redução Tarifária. O acto decorreu no último dia 1 de Abril e juntou OesteCIM, Barraqueiro, Boa Viagem e Rodoviária do Oeste.

No âmbito deste programa, a Comunidade Intermunicipal do Oeste já implementou desde o passado dia 1 de Abril o modelo de sistema de transportes que determina o Passe Municipal não será superior a 30 euros. Por exemplo, numa ligação Municipal de Campelos para Torres Vedras o valor passa de 72,50 para 30 euros, o que significa um desconto de 42,50 euros face ao valor até agora praticado.

Já o Passe Intermunicipal será até 40 euros dentro da Região Oeste. Por exemplo, numa ligação de Torres Vedras para Peniche o valor passa de 110,20 para 40 euros, um desconto de 70,20 euros comparativamente com o valor anteriormente tabelado. Também o Passe Inter-regional com os concelhos da Área Metropolitana de Lisboa, Lezíria do Tejo e Região de Leiria vai sofrer um desconto de 30%. Por exemplo, numa ligação entre Caldas da Rainha e Lisboa o valor passa de 189,50 para 132,65 euros, um desconto correspondente a 56,85 euros.

“Para garantir que as novas tarifas entravam em vigor no dia 1 de Abril foi feito um esforço colectivo entre a OesteCIM e as operadoras de transporte”, referiu Pedro Folgado, que acrescentou: “nos passes inter-regionais o processo ainda não está fechado, podendo esse desconto, que é agora totalmente suportado pela Comunidade Intermunicipal do Oeste em cerca de 30%, ser alvo de majoração por força desse processo de articulação com a Área Metropolitana de Lisboa e as Comunidades Intermunicipais da Lezíria do Tejo e da Região de Leiria”.

O Presidente que a Comunidade Intermunicipal do Oeste e da autarquia de Alenquer referiu igualmente que irá comparticipar os passes de estudante 4-18 e sub23 garantindo que, até ao final do ano lectivo, os alunos não serão prejudicados. Sobre esta matéria, Pedro Folgado assegurou que irá conversar com o Estado Central sobre o eventual impacto financeiro para 2020 face ao apoio do IMT na comparticipação dos passes 4-18 e sub23.

Com estas medidas de apoio à redução tarifária, a Comunidade Intermunicipal do Oeste estima no imediato beneficiar milhares de utilizadores do sistema de transportes do Oeste e desta forma contribuir para reduzir significativamente os encargos que as famílias têm pela utilização do sistema de transportes.

Como consequência, estes utentes poderão ver aumentar o seu rendimento disponível, factor que os 12 executivos desta comunidade consideram de extrema relevância. Refira-se que a Comunidade Intermunicipal do Oeste abrange os municípios de Alcobaça, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Peniche, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras.