Azambuja promove Educação Positiva e Consciente para combater insucesso escolar

Azambuja lançou o primeiro grupo de pais e cuidadores de um programa denominado Educação Parental Positiva e Consciente. Este programa é cofinanciado pelo Fundo Social Europeu através do programa Alentejo 2020.

O Município de Azambuja lançou o primeiro grupo de pais e cuidadores de um programa denominado Educação Parental Positiva e Consciente. Este programa é uma das acções enquadradas no PIICIE – Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar da Lezíria do Tejo, que é cofinanciado pelo Fundo Social Europeu através do programa Alentejo 2020.

O grupo inaugural contou com 12 participantes e a iniciativa tem inscrições abertas para a constituição de novos grupos de pais e cuidadores de crianças que desejem melhorar os seus conhecimentos e competências. Estes encontros são dinamizados pelos técnicos da Equipa Multidisciplinar de Intervenção Comunitária (EMIC) que desenvolvem actividades de suporte e formação com o objectivo de ajudar os pais a compreender as suas próprias necessidades e as dos seus filhos no processo de desenvolvimento infantil.

Acerca deste projecto, fonte da Câmara de Azambuja acrescenta: “Pretende-se que sejam grupos com uma dinâmica colaborativa, de partilha, centrados na promoção de uma educação positiva e utilizando metodologias de intervenção essencialmente práticas”.

Para quem queira fazer parte deste grupo de pais ou outros adultos cuidadores de crianças entre os 3 e os 8 anos de idade a inscrição é totalmente gratuita. E para que desfrutem das sessões de uma forma tranquila, os participantes podem levar as suas crianças já que este programa inclui um serviço de babysitting. Recorde-se que a equipa EMIC do Município de Azambuja é constituída por dois psicólogos clínicos, uma educadora social e uma animadora sociocultural.

O PIICIE – Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar tem como promotor a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo e é financiado pela União Europeia, através do Fundo Social Europeu, no âmbito do programa Alentejo 2020 – Portugal 2020. Azambuja é um dos dez municípios parceiros empenhados neste projecto inovador a implementar no período de 2017 a 2020.

“A meta é combater o abandono escolar e promover o sucesso educativo através de acções que estimulem o desenvolvimento de competências socioemocionais, criatividade, cidadania e pensamento crítico, entre outras”, acrescenta a mesma fonte da autarquia.