Restaurantes de Salvaterra certificados pela excelência dos seus cozinhados

A Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo (ERTAR) entregou recentemente o diploma de certificação a dois restaurantes do Concelho de Salvaterra de Magos: O Escaroupim e Quinta do Parque Real.

A Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo (ERTAR) entregou recentemente o diploma de certificação a dois restaurantes do Concelho de Salvaterra de Magos: O Escaroupim e Quinta do Parque Real.

Trata-se de um projecto dinamizado pela ERTAR, com o apoio dos Municípios da região do Ribatejo, que pretende valorizar a gastronomia ribatejana e promovê-la junto dos mercados nacional e internacional.

Presente na ocasião da entrega dos certificados, o Presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Hélder Manuel Esménio, felicitou os restaurantes que obtiveram a certificação e considerou que “esta é mais uma forma de ajudar a divulgar o nosso património, a nossa cultura e a nossa gastronomia porque apoia a economia local e ajuda a trazer mais pessoas ao Concelho”.

Ainda segundo Esménio, “Há seguramente outros restaurantes no Concelho de Salvaterra de Magos que reúnem os requisitos necessários à obtenção desta distinção, pelo que deixo um incentivo aos seus proprietários para seguirem o mesmo caminho”. Já António Ceia da Silva, presidente da ERTAR, salientou que “é muito importante em turismo o selo de qualidade por isso dedicamos muita atenção à certificação”.

Para obter a certificação, os restaurantes tinham que se candidatar e a cumprir um conjunto de requisitos de qualidade relacionados com a valorização da gastronomia tradicional e dos produtos endógenos da região, tais como os ingredientes utilizados na confecção dos pratos, os vinhos, o ambiente, o serviço ou a decoração.

Recorde-se ainda que no âmbito deste projecto será lançado no dia 26 de Outubro, no Festival Nacional de Gastronomia, em Santarém, o Guia de Restaurantes Certificados do Ribatejo.