Feira de todos os Santos regressa ao Cartaxo

O Cartaxo recebe a Feira de Todos os Santos no final deste mês de Outubro, uma das mais antigas feiras tradicionais do país. Este ano, o certame vai decorrer de 31 de Outubro a 4 de Novembro, no Pavilhão Municipal de Exposições e no Campo da Feira.

A cidade do Cartaxo recebe a Feira de Todos os Santos no final deste mês de Outubro, uma das mais antigas feiras tradicionais do país. Este ano, a Feira de Todos os Santos vai decorrer, a par com a ExpoCartaxo, de 31 de Outubro a 4 de Novembro, no Pavilhão Municipal de Exposições e no Campo da Feira.

Segundo fonte da autarquia, “depois do investimento na renovação do espaço do Pavilhão Municipal de Exposições e na aposta em devolver à Feira a sua tradição rural e ribatejana, dando-lhe a projecção regional de outros tempos, a Câmara Municipal vai voltar a inovar no certame”.

Para esta edição o picadeiro interior vai crescer, cumprindo as medidas regulamentares da Federação Equestre Portuguesa, para receber a I Prova de Poule de Ensino Feira de Todos os Santos. A feira franca vai decorrer num espaço requalificado e reorganizado, com melhores condições para vendedores, melhor acesso e mais lugares de estacionamento para visitantes.

Pedro Ribeiro, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, afirma que para além do investimento no Pavilhão e no Campo da Feira executado nos últimos anos, “o maior trabalho, que por vezes é invisível aos olhos, é o de estarmos ao lado dos empresários e dos feirantes para garantirmos que voltam a acreditar na Feira enquanto espaço que responde aos seus objectivos de negócio”.

O autarca volta a falar do passado: “Encontrámos a Feira e a Expocartaxo em queda livre. Passo a passo, de modo firme mas sustentável, reconstruímos juntos a Feira de Todos os Santos. Devolvemos dignidade ao espaço, valorizámos os empresários da nossa terra e recentrámos o foco no carácter único da Feira – a sua tradição rural e ribatejana”, afirmou o presidente da Câmara.

Na edição deste ano a Feira de Todos os Santos vai ter um novo picadeiro, tal como já foi referido, espaço que pode acolher provas de competição, o que permitirá ao certame vir a integrar o calendário oficial de provas de competição da Federação Equestre Portuguesa, com a organização da I Poule de Ensino que ostenta o nome da Feira. Esta poule de ensino contará com a direcção do Eng.º António Vicente, o que, na opinião de Pedro Ribeiro, “é motivo de orgulho para o Cartaxo e garantia de rigor técnico da prova”.