Carregado: utentes na fila desde as 9 da noite para conseguir consulta no Centro Médico

Retrato da triste realidade do Carregado em 2017. Os utentes ainda dormem à porta do Centro de Saúde para lograr sonhar com a obtenção de uma miraculosa consulta. Comparecem no adro de entrada do Centro às nove horas da noite e ali ficam quase doze horas. Muitas vezes a espera é em vão.

Este é o retrato da triste realidade da freguesia do Carregado no ano de 2017. Os utentes ainda dormem à porta do Centro de Saúde para lograr sonhar com a obtenção de uma miraculosa consulta. Comparecem no adro de entrada do Centro às nove horas da noite e ali ficam quase doze horas. Muitas vezes a espera é em vão.

Madrugada de quinta-feira, dia 27 de Julho de 2017. Mais uma longa noite como tantas outras para os fregueses do Carregado, utentes do Centro de Saúde local. Para se conseguir marcar uma consulta de recurso neste Centro de Saúde é necessário ter a sorte de haver vagas, já que há dias que só disponibilizam 3 ou 4 nas marcações. Esta madrugada foi mais uma de sofrimento para um bom punhado de utentes.

“Hoje estamos 15 utentes a esta hora à porta do Centro de Saúde do Carregado. Infelizes daqueles que chegam a esta hora e já não têm vaga”, relata-nos Fernando Pinto através de uma mensagem directa enviada poucos minutos antes das quatro horas da madrugada. “Se queremos uma consulta temos de vir às 9 da noite para sermos eventualmente um dos contemplados. Se acertar na chave do euromilhões é difícil, conseguir uma consulta no Centro de Saúde do Carregado também é uma questão de sorte”, acrescenta este munícipe.

“Podemos vir para a porta do Centro às nove da noite e só haver três vagas e já não conseguirmos consulta. Isto só para marcar a consulta, sem que depois saibamos se o médico ou a médica vem trabalhar”, desabafa ainda Fernando Pinto, que acrescenta: “Está aqui à porta do Centro uma senhora que já vai na terceira noite que aqui vem para conseguir vaga. Pergunto: é para isto que pago impostos?”

Recordamos que está em causa o Centro de Saúde do Carregado, a escassos 300 metros do prédio onde vive o presidente da autarquia, Pedro Folgado, que se recandidata a mais um mandato utilizando expressões de campanha como dinamismo, sustentabilidade e solidariedade, e rematando o slogan com a frase “prometido, cumprido”. Resta agora descobrir o que é que foi cumprido em relação ao Carregado que tenha sido prometido. Mais fácil será mesmo arranjar uma consulta no centro de saúde local…

 

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR