Azambuja: Plataforma recorda vítimas da nacional 3 em Dia Internacional das Famílias

A Plataforma Estrada Nacional 3 vai celebrar o Dia Internacional das Famílias assinalando aquela estrada com garrafões iluminados por velas, que serão colocados entre Azambuja e Vila Nova da Rainha. O evento realiza-se nesta terça-feira.

Chegou o momento. A Plataforma Estrada Nacional 3 vai celebrar o Dia Internacional das Famílias assinalando aquela estrada com garrafões iluminados por velas, que serão colocados ao longo do percurso entre Azambuja e Vila Nova da Rainha. O evento realiza-se nesta terça-feira.

A iniciativa promovida pela Plataforma EN3 pretende chamar a atenção das autoridades competentes para o elevado número de vítimas mortais que resultam de acidentes de viação ocorridos sobretudo no troço compreendido entre Vila Nova da Rainha e Azambuja, onde fica situada uma zona industrial densamente povoada.

Os fundadores da Plataforma EN3 são figuras sobejamente conhecidas na sociedade local. Inês Louro, pelo segundo mandato consecutivo presidente da Freguesia de Azambuja; Joaquim Ramos, antigo presidente da autarquia e também da Assembleia Municipal de Azambuja. E André Salema, presidente da direcção dos Bombeiros Voluntários de Azambuja. O trio tem dado a face pelo movimento que exige obras de requalificação nesta estrada da morte.

Para o efeito, foram reunidos mais de 3500 (três mil e quinhentos) garrafões de plástico, que serão estrategicamente colocados ao longo da estrada nacional 3 ao inicio da noite desta terça-feira, dia 15 de maio, no trajecto entre Vila Nova da Rainha e Azambuja. A concentração dos voluntários que dão corpo a esta iniciativa está agendada para as seis e meia da tarde, no Campo da Feira em Azambuja.

Pelas 19 horas e 30 minutos sairá um autocarro de Azambuja que assegura o transporte dos voluntários desta iniciativa. Refira-se que por volta das nove e meia da noite está prevista a inauguração de um memorial às vítimas de acidentes ocorridos na estrada nacional 3, situado na saída de Vila Nova no sentido da vila do Carregado.

Refira-se que esta iniciativa tem o apoio da autarquia de Azambuja. “O Município de Azambuja associa-se, desde a primeira hora, ao movimento cívico Plataforma EN3 e à sua luta pela redução do número e da gravidade dos acidentes rodoviários registados na Estrada Nacional 3, particularmente no troço entre as localidades do Carregado e de Azambuja”, pode ler-se numa nota publicada no sítio do município. Este apoio também é extensivo ao município de Alenquer.

Recorde-se que esta iniciativa da Plataforma EN3 pretende exigir do estado a implementação de medidas urgentes para reduzir os evidentes riscos de sinistralidade desta estrada, bem como alertar toda a sociedade para o cumprimento das regras de trânsito naquele martirizado troço, e ainda evocar, em singela homenagem, todos os que perderam a vida e a saúde nesta via de comunicação.

Para o efeito foi escolhido o dia 15 de maio por se tratar do dia internacional da família, naquela que pretende ser uma homenagem a todas as famílias marcadas pelas dolorosas memórias desta estrada. “No dia 15 de maio, pelas 21h30, iremos fazer um momento de reflexão no parque das merendas (acesso sul) em Vila Nova da Rainha”, acrescentam os promotores da iniciativa. Acender a luz da esperança de ver a sinistralidade desta estrada para sempre reduzida é o principal objectivo.

 

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR