Alenquer e Torres Vedras eleitas Cidade Europeia do Vinho

A candidatura conjunta apresentada pelas autarquias de Torres Vedras e Alenquer foi a escolhida para receber o título de Cidade Europeia do Vinho em 2018. A eleição ocorreu na última quinta-feira, no Parlamento Europeu, na cidade de Bruxelas.

A Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) divulgou que a candidatura conjunta apresentada pelas autarquias de Torres Vedras e Alenquer foi a escolhida para receber o título de Cidade Europeia do Vinho em 2018. A eleição ocorreu na última quinta-feira, no Parlamento Europeu, na cidade de Bruxelas.

“É um título importante para a divulgação do território e do produto, que é o vinho, que ainda é pouco conhecido, porque quando falamos em vinhos falamos sempre dos do Douro, do Alentejo ou do Dão e esta é uma oportunidade para os turistas conhecerem os Vinhos de Lisboa”, afirmou Pedro Folgado, o presidente da Câmara de Alenquer, em declarações reproduzidas pelo Mais Alenquer.

Recorde-se que a Rede Europeia de Cidades do Vinho (RECEVIN) já atribuiu o título de Cidade Europeia do Vinho a Palmela, o que aconteceu em 2012. Contempladas com esta distinção foram também as cidades de Marsala, Itália, ano de 2013; Jerez de la Frontera em 2014 (Espanha), Reguengos de Monsaraz há dois anos, Conegliano Valdobbiadene  no ano passado (Itália) e Cambados, cidade espanhola já distinguida este ano.

Para além de Alenquer e de Torres Vedras, estiveram envolvidas na disputa deste título Cantanhede, Viana do Castelo, Ponte de Lima, Peso da Régua e Silves. 

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA