Azambuja: Ministra da Administração Interna promete mais agentes da GNR nas ruas

O Município de Azambuja foi recebido por Constança Urbano de Sousa nesta última segunda feira. A Ministra da Administração Interna e os representantes locais abordaram o tema da falta de policiamento sentida em todo o concelho, situação mais evidenciada com os vários assaltos a edifícios e viaturas verificados nas últimas semanas.

O Município de Azambuja foi recebido por Constança Urbano de Sousa nesta última segunda feira. A Ministra da Administração Interna e os representantes locais abordaram o tema da falta de policiamento sentida em todo o concelho, situação mais evidenciada com os vários assaltos a edifícios e viaturas verificados nas últimas semanas.

Na reunião estiveram presentes o Vice-Presidente da Câmara – Silvino Lúcio, e a Presidente da Junta de Freguesia de Azambuja – Inês Louro, que expressaram à responsável do Governo pela pasta da Segurança quer a manifesta falta de meios humanos nos postos locais da GNR, quer o sentimento de falta de protecção e até medo por parte da população.

“A governante mostrou estar relativamente bem informada sobre a criminalidade e os actos de vandalismo que têm ocorrido na vila de Azambuja”, garante fonte da autarqui. A esse propósito, deu eco de um contacto recente com o Comandante Distrital – Coronel Paixão, com quem terá uma reunião formal durante o decorrer desta semana, com o propósito de definir medidas para melhorar no imediato a vigilância policial.

Neste encontro, Constança Urbano de Sousa garantiu que já deu indicações para que as forças existentes tenham uma presença mais efectiva, quer as equipas de intervenção rápida quer os núcleos de investigação criminal. A médio prazo, promete que dos 325 elementos da Guarda Nacional Republicana que irão terminar a sua formação no final deste Verão alguns (em número a definir) virão reforçar o posto de Azambuja.

“O Município de Azambuja congratula-se com a forma interessada como os representantes da população do nosso concelho foram recebidos pela titular da pasta da Segurança, e também pela sensibilidade para a gravidade do problema”, acrescenta fonte do município. A ver vamos o que vai acontecer no tocante a melhorias.

 

VIAAlexandre Silva
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA