Sousa sem ideias origina o melhor outdoor de sempre em Azambuja (Opinião do director)

O PS de Azambuja colocou há dias por todo o território concelhio um cojunto de placards cujo conteúdo configura, na minha opinião, o outdoor mais bem conseguido da história da política local. Ideias: zero. Linha de orientação ou rumo: zero. O outdoor perfeito para Luis de Sousa e para a sua recandidatura

Luis de Sousa: ideias igual a zero.

O PS de Azambuja colocou há dias por todo o território concelhio um conjunto de placards cujo conteúdo configura, na minha opinião, o outdoor mais bem conseguido da história da política local. Ideias: zero. Linha de orientação ou rumo: zero. O outdoor perfeito para Luis de Sousa e para a sua recandidatura.

Na verdade, não me recordo de uma imagem de campanha que reproduzisse tão fielmente a ausência de orientação de um candidato como este placard da campanha socialista em Azambuja. Por norma uma imagem de campanha é acompanhada de um slogan que resume o espírito da campanha ou da postura do candidato. No caso em apreço, Luis de Sousa não esgrime uma única ideia, o que é absolutamente fiel à sua postura neste derradeiro quadrienio.

De resto, o concelho de Azambuja continua a ser um palco pobre no que toca à apresentação de candidaturas que efectivamente mobilizem a população local. A candidatura do PSD, agora sem a companhia do CDS – Partido Popular, parece-me demasiado morna para lograr arrebatar a autarquia ao mesmo que falido Partido Socialista. O candidato está pouco identificado com o espírito do concelho e este, por sua vez, desconhece a pessoa de Rui Corça, com C cedilhado.

Já a candidatura do CDS – Partido Popular apresenta-se obviamente como a mais inexperiente desta corrida autárquica, tendo em conta os candidatos já conhecidos. Madalena de Mello Viana está longe sequer de conseguir chegar ao povo, apresentando-se como a candidata que verdadeiramente poucos são os que conhecem no território do município. O caminho a percorrer por Madalena é longo, e o resultado do sufrágio muito difícil de prever.

Resta a CDU de David Mendes. O candidato comunista é, na minha perspectiva, o mais capaz de todos os que se apresentam a votos em Outubro. No entanto, o facto de se tratar do candidato mais habilitado não dispensa uma campanha inteligente, humilde e bem direccionada.

O maior dos desafios passa por combater aquela ideia que o povo tem de um David elitista, arrogante e incapaz de ouvir os pontos de vista alheios. Caso não consiga passar esta mensagem, de nada lhe vai valer o facto de ser o mais capaz. Nesse cenário, quanto muito será capaz de eleger 3 vereadores. Mas pode chegar a mais, e até fazer história em Azambuja.

VIANuno Cláudio
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Sem dúvida o David Mendes é o candidato mais bem preparado para retirar o município de Azambuja do marasmo. Aos candidatos do PS que se apresentam ou que desejam fazê-lo, para além de terem atrás de si muitos rabos de palha (sendo o mais grave o negócio das águas) pretendem apenas assegurar um emprego bem remunerado.

DEIXE UMA RESPOSTA